Showing 45466 results

Archival description
Print preview View:

44545 results with digital objects Show results with digital objects

Aniversário de servidor

Fotógrafo desconhecido.
Comemoração de aniversário de servidor Roberto Montagner nas depedências da rádio.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Marcos Oliveira.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Marcos Oliveira.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Marcos Oliveira.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Marcos Oliveira.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Marcos Oliveira.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Recebe Daniel Morales

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto “Pelas Fronteiras da Música Latino-Americana” foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos não foram distribuídos através do método tradicional, retirada antecipada, mas sim, mediante a entrega no Hall do entro de Convenções de 1kg de alimento não perecível. O concerto trouxe consigo os embalos que marcaram a trajetória musical do latino americano Daniel Morales, que foi professor e músico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em seu repertório estavam melodias autorais e ligadas as expressões representativas das fronteiras culturais. Para este espetáculo, foi realizada uma seletiva do Festival “Vem Cantar com a Orquestra Sinfônica de Santa Maria”, que visava desde seu início em meio a Pandemia de COVID-19 estimular as atividades artísticas e envolver a comunidade de Santa Mariense e regiões em atividades da OSSM. Neste ano ocorreu mais uma edição deste festival que contou com o espetáculo dos vencedores da seletiva, entre eles a dupla Anthônia e Cecília Bellochio, Enrico Kindel Sartor e participação especial barítono Roberto Henrique de Oliveira com a escolha de canções.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Orquestrando pelo Rio Grande

Fotografia de Gabriel Zeppe.
Os espetáculos nos municípios de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen da Orquestra Sinfônica de Santa Maria fizeram parte da Turnê intitulada “Orquestrando pelo Rio Grande”, que possui como característica a realização de concertos em cidades próximas e que possuam Campis da Universidade Federal de Santa Maria. Na região de Frederico Westphalen desde o dia 30 de julho a comunidade já estava comemorando a programação cultural gratuita do 10° Festival Atena que visou promover o acesso arte e cultura nas seguintes categorias: Música, Dança, Circo e Teatro, Galeria de Artes com exposições de fotografia, pintura, desenho, literatura e artesanato. Este festival foi uma realização da Associação Cultural Atena (ACA), produzida com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (PRÓ-CULTURA RS FAC) e contando com o apoio da Administração Municipal de FW, Câmara de Vereadores de FW, SESC, Sicredi Conexão, Tchê Turbo, Universidade Federal de Santa Maria campi FW e Universidade Regional Integrada campi FW. O ingresso foi entregue mediante 1kg de alimento não perecível.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Rafael Happke.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Concerto de Abertura da Temporada 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Concerto de abertura da temporada de 2023 da Orquestra Sinfônica de Santa Maria sob regência de João Batista Sartor, promovido pela e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Pró-Reitoria de Extensão. Os ingressos foram distribuídos mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Aaron Copland deu início as apresentações com a Fanfarra para o Homem Comum, seguido do pianista uruguaio Miguel Lecueder, professor de performance da Escuela Universitária de Música Regional Salto apresentando a Rhapsody in Blue e para o piano tanto solo quanto da orquestra o profissional Jazzista George Gershwin. Na segunda parte, a obra “Três Cantos Poéticos” foi apresentada em homenagem ao compositor Frederico Richter (maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria), o qual teve sua passagem no início de 2023. O compositor Residente de 2023 foi Dimitri Cervo, natural de Santa Maria e regeu “O Trenzinho do Caipira”, movimento da “Bachianas Brasileiras 2”, de Heitor Villa-Lobos. Logo após a obra “Abertura Brasil 2014”, do próprio Cervo e completando o programa o “Prelúdio” da “Bachianas Brasileiras 4” de Villa-Lobos, a abertura da ópera “O Guarani” de Carlos Gomes, as “Três Danças Brasileiras” de Camargo-Guarnieri e “Chamamé” de Catarina Domenici.

Untitled

Solenidade de Inauguração da Sala de Ensaios Frederico Richter

Fotografia de Rafael Happke.
A nomeação da Sala de Ensaios Maestro Frederico Richter ocorreu como uma forma de homenagear o ex-maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM), que faleceu no início de 2023. O momento contou com a presença de Ivone de Argollo Mendes Richter viúva do homenageado; João Batista Sartor, maestro da OSSM; Ênio Guerra, ex-maestro da orquestra; Ana Lúcia Rodrigues Oliveira, vice-Presidente Associação Cultural da OSSM; Flavi Ferreira Lisboa Filho, Pró-Reitor de Extensão; Beatriz Fonseca Isaia; Luiz Gonzaga Binato de Almeida; e músicos convidados.

Untitled

Solenidade de Inauguração da Sala de Ensaios Frederico Richter

Fotografia de Rafael Happke.
A nomeação da Sala de Ensaios Maestro Frederico Richter ocorreu como uma forma de homenagear o ex-maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM), que faleceu no início de 2023. O momento contou com a presença de Ivone de Argollo Mendes Richter viúva do homenageado; João Batista Sartor, maestro da OSSM; Ênio Guerra, ex-maestro da orquestra; Ana Lúcia Rodrigues Oliveira, vice-Presidente Associação Cultural da OSSM; Flavi Ferreira Lisboa Filho, Pró-Reitor de Extensão; Beatriz Fonseca Isaia; Luiz Gonzaga Binato de Almeida; e músicos convidados.

Untitled

Solenidade de Inauguração da Sala de Ensaios Frederico Richter

Fotografia de Rafael Happke.
A nomeação da Sala de Ensaios Maestro Frederico Richter ocorreu como uma forma de homenagear o ex-maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM), que faleceu no início de 2023. O momento contou com a presença de Ivone de Argollo Mendes Richter viúva do homenageado; João Batista Sartor, maestro da OSSM; Ênio Guerra, ex-maestro da orquestra; Ana Lúcia Rodrigues Oliveira, vice-Presidente Associação Cultural da OSSM; Flavi Ferreira Lisboa Filho, Pró-Reitor de Extensão; Beatriz Fonseca Isaia; Luiz Gonzaga Binato de Almeida; e músicos convidados.

Untitled

Solenidade de Inauguração da Sala de Ensaios Frederico Richter

Fotografia de Rafael Happke.
A nomeação da Sala de Ensaios Maestro Frederico Richter ocorreu como uma forma de homenagear o ex-maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM), que faleceu no início de 2023. O momento contou com a presença de Ivone de Argollo Mendes Richter viúva do homenageado; João Batista Sartor, maestro da OSSM; Ênio Guerra, ex-maestro da orquestra; Ana Lúcia Rodrigues Oliveira, vice-Presidente Associação Cultural da OSSM; Flavi Ferreira Lisboa Filho, Pró-Reitor de Extensão; Beatriz Fonseca Isaia; Luiz Gonzaga Binato de Almeida; e músicos convidados.

Untitled

Solenidade de Inauguração da Sala de Ensaios Frederico Richter

Fotografia de Rafael Happke.
A nomeação da Sala de Ensaios Maestro Frederico Richter ocorreu como uma forma de homenagear o ex-maestro e fundador da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM), que faleceu no início de 2023. O momento contou com a presença de Ivone de Argollo Mendes Richter viúva do homenageado; João Batista Sartor, maestro da OSSM; Ênio Guerra, ex-maestro da orquestra; Ana Lúcia Rodrigues Oliveira, vice-Presidente Associação Cultural da OSSM; Flavi Ferreira Lisboa Filho, Pró-Reitor de Extensão; Beatriz Fonseca Isaia; Luiz Gonzaga Binato de Almeida; e músicos convidados.

Untitled

Concerto da Orquestra Sinfônica no Santa Maria em Música - Edição de Aniversário de 165 Anos da Cidade

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Em homenagem aos 165 anos de Santa Maria ocorreu mais uma edição do festival Viva Santa Maria junto ao Projeto Santa Maria em Música, ao qual trouxe aos palcos Mercado, Vila Belga e Estação artistas locais, entre eles a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM). Participaram como solistas convidados Beto Pires, Juliana Pires e Matheus Lopes, e no repertorio estavam canções comemorativas ao aniversário da cidade. A festividade foi uma realização da Prefeitura Municipal de Santa Maria com apoio cultural da Construtora Jobim, Vila Belga Food Hall e Erva Mate Cristalina, além do patrocínio da Corsan. O Projeto Santa Maria em Música, é financiado através da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria (LIC-SM) e dos órgãos privados UNIMED, Grupo Felice, Simplimed e Fundação Eny. A entrada era gratuita.

Untitled

Concerto da Orquestra Sinfônica no Santa Maria em Música - Edição de Aniversário de 165 Anos da Cidade

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
Em homenagem aos 165 anos de Santa Maria ocorreu mais uma edição do festival Viva Santa Maria junto ao Projeto Santa Maria em Música, ao qual trouxe aos palcos Mercado, Vila Belga e Estação artistas locais, entre eles a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM). Participaram como solistas convidados Beto Pires, Juliana Pires e Matheus Lopes, e no repertorio estavam canções comemorativas ao aniversário da cidade. A festividade foi uma realização da Prefeitura Municipal de Santa Maria com apoio cultural da Construtora Jobim, Vila Belga Food Hall e Erva Mate Cristalina, além do patrocínio da Corsan. O Projeto Santa Maria em Música, é financiado através da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria (LIC-SM) e dos órgãos privados UNIMED, Grupo Felice, Simplimed e Fundação Eny. A entrada era gratuita.

Untitled

Results 1 to 50 of 45466