Showing 28115 results

Archival description
With digital objects
Print preview View:

IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado

Fotógrafo desconhecido.
Participação de representantes da UFSM no IX Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado. A conferência de abertura do IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado falou sobre o Agronegócio Brasileiro. O palestrante foi Dr. Sílvio Farnase, Coordenador Geral da Secretaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O evento teve como tema “Novos Caminhos para a Produção de Arroz Irrigado no Brasil”. Juntamente ao Congresso acontece a XXVI Reunião da Cultura do Arroz Irrigado. Os eventos foram de 9 a 12 de agosto e reuniram um público de mais de 700 pessoas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado

Fotógrafo desconhecido.
Participação de representantes da UFSM no IX Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado. A conferência de abertura do IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado falou sobre o Agronegócio Brasileiro. O palestrante foi Dr. Sílvio Farnase, Coordenador Geral da Secretaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O evento teve como tema “Novos Caminhos para a Produção de Arroz Irrigado no Brasil”. Juntamente ao Congresso acontece a XXVI Reunião da Cultura do Arroz Irrigado. Os eventos foram de 9 a 12 de agosto e reuniram um público de mais de 700 pessoas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado

Fotógrafo desconhecido.
Participação de representantes da UFSM no IX Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado. A conferência de abertura do IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado falou sobre o Agronegócio Brasileiro. O palestrante foi Dr. Sílvio Farnase, Coordenador Geral da Secretaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O evento teve como tema “Novos Caminhos para a Produção de Arroz Irrigado no Brasil”. Juntamente ao Congresso acontece a XXVI Reunião da Cultura do Arroz Irrigado. Os eventos foram de 9 a 12 de agosto e reuniram um público de mais de 700 pessoas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado

Fotógrafo desconhecido.
Participação de representantes da UFSM no IX Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado. A conferência de abertura do IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado falou sobre o Agronegócio Brasileiro. O palestrante foi Dr. Sílvio Farnase, Coordenador Geral da Secretaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O evento teve como tema “Novos Caminhos para a Produção de Arroz Irrigado no Brasil”. Juntamente ao Congresso acontece a XXVI Reunião da Cultura do Arroz Irrigado. Os eventos foram de 9 a 12 de agosto e reuniram um público de mais de 700 pessoas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado

Fotógrafo desconhecido.
Participação de representantes da UFSM no IX Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado. A conferência de abertura do IV Congresso Brasileiro de Arroz Irrigado falou sobre o Agronegócio Brasileiro. O palestrante foi Dr. Sílvio Farnase, Coordenador Geral da Secretaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O evento teve como tema “Novos Caminhos para a Produção de Arroz Irrigado no Brasil”. Juntamente ao Congresso acontece a XXVI Reunião da Cultura do Arroz Irrigado. Os eventos foram de 9 a 12 de agosto e reuniram um público de mais de 700 pessoas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência de Comunicação Oficial do Prêmio Bunge no Gabinete do Reitor

Fotógrafo desconhecido.
A santa-mariense Eliana da Costa Pereira, 27 anos, mestre em Educação Especial formada pela UFSM em 2001 foi comunicada oficialmente pelo reitor Paulo Sarkis, que foi vencedora do “Grande Prêmio Juventude Bunge da Ciência”. Eliana é professora do recém criado curso de Educação Especial à Distância da UFSM, e o trabalho merecedor do prêmio, considerado o mais importante do País, na área, foi sua dissertação de mestrado, que trata da “utilização da informática na educação de alunos portadores de necessidades especiais e que estudam em escolas regulares” – foi indicada pela própria UFSM. O prêmio Juventude Bunge da Ciência, além de oferecer grande visibilidade e distinção nacional, confere à vencedora também R$ 30 mil, a serem recebidos, junto com o diploma, no dia 26 de setembro, no Palácio Bandeirantes, em São Paulo. A premiação foi entregue à professora Eliana no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado de São Paulo, dia 26 de setembro, às 19h30min.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência de Comunicação Oficial do Prêmio Bunge no Gabinete do Reitor

Fotógrafo desconhecido.
A santa-mariense Eliana da Costa Pereira, 27 anos, mestre em Educação Especial formada pela UFSM em 2001 foi comunicada oficialmente pelo reitor Paulo Sarkis, que foi vencedora do “Grande Prêmio Juventude Bunge da Ciência”. Eliana é professora do recém criado curso de Educação Especial à Distância da UFSM, e o trabalho merecedor do prêmio, considerado o mais importante do País, na área, foi sua dissertação de mestrado, que trata da “utilização da informática na educação de alunos portadores de necessidades especiais e que estudam em escolas regulares” – foi indicada pela própria UFSM. O prêmio Juventude Bunge da Ciência, além de oferecer grande visibilidade e distinção nacional, confere à vencedora também R$ 30 mil, a serem recebidos, junto com o diploma, no dia 26 de setembro, no Palácio Bandeirantes, em São Paulo. A premiação foi entregue à professora Eliana no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado de São Paulo, dia 26 de setembro, às 19h30min.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência de Comunicação Oficial do Prêmio Bunge no Gabinete do Reitor

Fotógrafo desconhecido.
A santa-mariense Eliana da Costa Pereira, 27 anos, mestre em Educação Especial formada pela UFSM em 2001 foi comunicada oficialmente pelo reitor Paulo Sarkis, que foi vencedora do “Grande Prêmio Juventude Bunge da Ciência”. Eliana é professora do recém criado curso de Educação Especial à Distância da UFSM, e o trabalho merecedor do prêmio, considerado o mais importante do País, na área, foi sua dissertação de mestrado, que trata da “utilização da informática na educação de alunos portadores de necessidades especiais e que estudam em escolas regulares” – foi indicada pela própria UFSM. O prêmio Juventude Bunge da Ciência, além de oferecer grande visibilidade e distinção nacional, confere à vencedora também R$ 30 mil, a serem recebidos, junto com o diploma, no dia 26 de setembro, no Palácio Bandeirantes, em São Paulo. A premiação foi entregue à professora Eliana no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado de São Paulo, dia 26 de setembro, às 19h30min.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência de Comunicação Oficial do Prêmio Bunge no Gabinete do Reitor

Fotógrafo desconhecido.
A santa-mariense Eliana da Costa Pereira, 27 anos, mestre em Educação Especial formada pela UFSM em 2001 foi comunicada oficialmente pelo reitor Paulo Sarkis, que foi vencedora do “Grande Prêmio Juventude Bunge da Ciência”. Eliana é professora do recém criado curso de Educação Especial à Distância da UFSM, e o trabalho merecedor do prêmio, considerado o mais importante do País, na área, foi sua dissertação de mestrado, que trata da “utilização da informática na educação de alunos portadores de necessidades especiais e que estudam em escolas regulares” – foi indicada pela própria UFSM. O prêmio Juventude Bunge da Ciência, além de oferecer grande visibilidade e distinção nacional, confere à vencedora também R$ 30 mil, a serem recebidos, junto com o diploma, no dia 26 de setembro, no Palácio Bandeirantes, em São Paulo. A premiação foi entregue à professora Eliana no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado de São Paulo, dia 26 de setembro, às 19h30min.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Figura Einterior

  • Patrimônio: 050762
  • Dimensão da obra artística: 1,43cm x 96cm.
  • Autor: Luiz Gonzaga Mello Gomes
  • Ano: 1979
  • Técnica: Óleo sobre Tela
  • Suporte: Tecido
  • Histórico: Comprado / Empenho 019992/1984
    Data da Aquisição – 10/08/1984
    Data do tombamento - 10/08/1984

Fotografia: Rafael Happke

Esta obra integra o acervo artístico da UFSM e sua catalogação foi realizada em 2021 como atividade do Projeto de Extensão “Acervo Artístico da UFSM: Preservação de Valorização” .

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Titulo da obra

Esta obra integra o acervo artístico da UFSM e sua catalogação foi realizada em 2021 como atividade do Projeto de Extensão “Acervo Artístico da UFSM: Preservação de Valorização” coordenado por Vera Vianna, da Coordenadoria de Cultura e Arte da Pró Reitoria de Extensão cujos objetivos são estimular a preservação do patrimônio artístico da UFSM e valorizar o acervo e incentivar a captação de novas obras. Fotografia de Rafael Happke.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Titulo da obra

Esta obra integra o acervo artístico da UFSM e sua catalogação foi realizada em 2021 como atividade do Projeto de Extensão “Acervo Artístico da UFSM: Preservação de Valorização” coordenado por Vera Vianna, da Coordenadoria de Cultura e Arte da Pró Reitoria de Extensão cujos objetivos são estimular a preservação do patrimônio artístico da UFSM e valorizar o acervo e incentivar a captação de novas obras. Fotografia de Rafael Happke.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Titulo da obra

Esta obra integra o acervo artístico da UFSM e sua catalogação foi realizada em 2021 como atividade do Projeto de Extensão “Acervo Artístico da UFSM: Preservação de Valorização” coordenado por Vera Vianna, da Coordenadoria de Cultura e Arte da Pró Reitoria de Extensão cujos objetivos são estimular a preservação do patrimônio artístico da UFSM e valorizar o acervo e incentivar a captação de novas obras. Fotografia de Rafael Happke.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Titulo da obra

Esta obra integra o acervo artístico da UFSM e sua catalogação foi realizada em 2021 como atividade do Projeto de Extensão “Acervo Artístico da UFSM: Preservação de Valorização” coordenado por Vera Vianna, da Coordenadoria de Cultura e Arte da Pró Reitoria de Extensão cujos objetivos são estimular a preservação do patrimônio artístico da UFSM e valorizar o acervo e incentivar a captação de novas obras. Fotografia de Rafael Happke.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Rodeio Criolo

A reportagem de Arbo na Revista Quero-quero em 1977 relatava que a Estância do Minuano era considerada uma das maiores sociedades tradicionalistas do Rio Grande do Sul. Distante sete quilômetros do centro e localizada na margem direita da rodovia Santa Maria-São Sepé, sua área era de 318.506 metros quadrados. Considerada o cartão de visita de Santa Maria, muitos congressistas, personalidades ilustres e hóspedes oficiais nacionais e estrangeiros da cidade lá foram recepcionados com uma mostra de tradicionalismo. Neste mesmo ano lá foi realizada a oitava edição do Rodeio Crioulo.
Fonte pesquisada:
ARBO, Antônio Carlos. Minuano: a estância de Santa Maria. O Quero-Quero. Ano V, n.19, p.43-46, Santa Maria 15 jul. 1977.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Results 1 to 50 of 28115