Mostrar 5208 resultados

Descrição arquivística
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)
Previsualizar a impressão Ver:

5208 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Divulgação do Lançamento do Periódico Ciência e Ambiente

Fotógrafo não identificado.
Divulgação do lançamento da edição 26 do Periódico Ciência e Ambiente do CCNE, com o tema DNA: 50 anos. Com este número de Ciência & Ambiente, comemorou-se os 50 anos da identificação da estrutura do DNA, acontecimento que viria a ter um impacto extraordinário na ciência. As conseqüências científicas, tecnológicas, econômicas e sociais foram de tal ordem que a figura da dupla hélice se tornou o ícone da ciência moderna. Ela habita o concreto e o imaginário do mundo contemporâneo, com seu profundo significado para a ciência, e transborda para as artes, o comércio, os filmes, a ficção e a cultura em geral.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Divulgação do Lançamento do Periódico Ciência e Ambiente

Fotógrafo não identificado.
Divulgação do lançamento da edição 26 do Periódico Ciência e Ambiente do CCNE, com o tema DNA: 50 anos. Com este número de Ciência & Ambiente, comemorou-se os 50 anos da identificação da estrutura do DNA, acontecimento que viria a ter um impacto extraordinário na ciência. As conseqüências científicas, tecnológicas, econômicas e sociais foram de tal ordem que a figura da dupla hélice se tornou o ícone da ciência moderna. Ela habita o concreto e o imaginário do mundo contemporâneo, com seu profundo significado para a ciência, e transborda para as artes, o comércio, os filmes, a ficção e a cultura em geral.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Divulgação do Lançamento do Periódico Ciência e Ambiente

Fotógrafo não identificado.
Divulgação do lançamento da edição 26 do Periódico Ciência e Ambiente do CCNE, com o tema DNA: 50 anos. Com este número de Ciência & Ambiente, comemorou-se os 50 anos da identificação da estrutura do DNA, acontecimento que viria a ter um impacto extraordinário na ciência. As conseqüências científicas, tecnológicas, econômicas e sociais foram de tal ordem que a figura da dupla hélice se tornou o ícone da ciência moderna. Ela habita o concreto e o imaginário do mundo contemporâneo, com seu profundo significado para a ciência, e transborda para as artes, o comércio, os filmes, a ficção e a cultura em geral.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Divulgação do Lançamento do Periódico Ciência e Ambiente

Fotógrafo não identificado.
Divulgação do lançamento da edição 26 do Periódico Ciência e Ambiente do CCNE, com o tema DNA: 50 anos. Com este número de Ciência & Ambiente, comemorou-se os 50 anos da identificação da estrutura do DNA, acontecimento que viria a ter um impacto extraordinário na ciência. As conseqüências científicas, tecnológicas, econômicas e sociais foram de tal ordem que a figura da dupla hélice se tornou o ícone da ciência moderna. Ela habita o concreto e o imaginário do mundo contemporâneo, com seu profundo significado para a ciência, e transborda para as artes, o comércio, os filmes, a ficção e a cultura em geral.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Divulgação do Lançamento do Periódico Ciência e Ambiente

Fotógrafo não identificado.
Divulgação do lançamento da edição 26 do Periódico Ciência e Ambiente do CCNE, com o tema DNA: 50 anos. Com este número de Ciência & Ambiente, comemorou-se os 50 anos da identificação da estrutura do DNA, acontecimento que viria a ter um impacto extraordinário na ciência. As conseqüências científicas, tecnológicas, econômicas e sociais foram de tal ordem que a figura da dupla hélice se tornou o ícone da ciência moderna. Ela habita o concreto e o imaginário do mundo contemporâneo, com seu profundo significado para a ciência, e transborda para as artes, o comércio, os filmes, a ficção e a cultura em geral.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM na X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Fotógrafo não identificado.
Ações na UFSM referentes à X Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso indevido de Drogas. A semana buscou realizar ações de combate às drogas lícitas, como álcool e tabaco, e ilícitas, como maconha e cocaína. A programação da semana se estendeu desde 26 de junho até o dia 2 de julho, com o objetivo de promover e estimular programas educacionais que esclareçam a população quanto aos riscos do consumo abusivo de álcool e drogas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Participação da UFSM no XX SEURS

Fotógrafo não identificado.
A UFSM participou do XX SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, em Pelotas, apresentando 15 projetos de extensão em diferentes áreas, dentre os 150 trabalhos do evento. O tema do ano foi o desenvolvimento sustentável. O SEURS é um evento anual itinerante que conta com apresentação de trabalhos de várias universidades, sendo um espaço de aprendizagem e intercâmbio de conhecimentos e metodologias entre extensionistas das universidades públicas da região sul, promovendo a integração dos participantes e das universidades com a comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atividades do Projeto Menino no Campus

Fotógrafo não identificado.
O Projeto Meninos no Campus foi criado em 1994 a partir da demanda do Conselho Tutelar de Santa Maria e da política proposta pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, e propiciava o atendimento integral de jovens entre 12 e 14 anos, em situação de vulnerabilidade social através do envolvimento com a comunidade acadêmica. Os meninos interagiam em todos os centros da UFSM, onde realizavam práticas em laboratórios e atividades educativas, além de acompanhamento psicológico, que visava melhorar o rendimento escolar e desenvolvimento pessoal. Era desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atividades do Projeto Menino no Campus

Fotógrafo não identificado.
Atividade em comemoração ao Natal dos projetos Meninos no Campus e Meninas na UFSM, integrantes da 3ª edição do Projeto Recrear para Integrar. O Projeto Meninos no Campus foi criado em 1994 a partir da demanda do Conselho Tutelar de Santa Maria e da política proposta pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, e propiciava o atendimento integral de jovens de 12 a 14 anos, em situação de vulnerabilidade social através do envolvimento com a comunidade acadêmica. Os meninos interagiam em todos os centros da UFSM, onde realizavam práticas em laboratórios e atividades profissionalizantes e educativas, além de acompanhamento psicológico que visava melhorar o rendimento escolar e desenvolvimento pessoal. O projeto era desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis. Já o Projeto Meninas na UFSM foi lançado em 1995 e buscou dar a oportunidade a meninas de 12 a 17 anos em situação vulnerável, propiciando a participação em grupos de vivência de saúde coletiva, aulas de canto e música, além de auxiliar em atividades de trabalho na Universidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atividades do Projeto Menino no Campus

Fotógrafo não identificado.
Atividade em comemoração ao Natal dos projetos Meninos no Campus e Meninas na UFSM, integrantes da 3ª edição do Projeto Recrear para Integrar. O Projeto Meninos no Campus foi criado em 1994 a partir da demanda do Conselho Tutelar de Santa Maria e da política proposta pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, e propiciava o atendimento integral de jovens de 12 a 14 anos, em situação de vulnerabilidade social através do envolvimento com a comunidade acadêmica. Os meninos interagiam em todos os centros da UFSM, onde realizavam práticas em laboratórios e atividades profissionalizantes e educativas, além de acompanhamento psicológico que visava melhorar o rendimento escolar e desenvolvimento pessoal. O projeto era desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis. Já o Projeto Meninas na UFSM foi lançado em 1995 e buscou dar a oportunidade a meninas de 12 a 17 anos em situação vulnerável, propiciando a participação em grupos de vivência de saúde coletiva, aulas de canto e música, além de auxiliar em atividades de trabalho na Universidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atividades do Projeto Menino no Campus

Fotógrafo não identificado.
Atividade em comemoração ao Natal dos projetos Meninos no Campus e Meninas na UFSM, integrantes da 3ª edição do Projeto Recrear para Integrar. O Projeto Meninos no Campus foi criado em 1994 a partir da demanda do Conselho Tutelar de Santa Maria e da política proposta pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, e propiciava o atendimento integral de jovens de 12 a 14 anos, em situação de vulnerabilidade social através do envolvimento com a comunidade acadêmica. Os meninos interagiam em todos os centros da UFSM, onde realizavam práticas em laboratórios e atividades profissionalizantes e educativas, além de acompanhamento psicológico que visava melhorar o rendimento escolar e desenvolvimento pessoal. O projeto era desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis. Já o Projeto Meninas na UFSM foi lançado em 1995 e buscou dar a oportunidade a meninas de 12 a 17 anos em situação vulnerável, propiciando a participação em grupos de vivência de saúde coletiva, aulas de canto e música, além de auxiliar em atividades de trabalho na Universidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atividades do Projeto Menino no Campus

Fotógrafo não identificado.
Atividade em comemoração ao Natal dos projetos Meninos no Campus e Meninas na UFSM, integrantes da 3ª edição do Projeto Recrear para Integrar. O Projeto Meninos no Campus foi criado em 1994 a partir da demanda do Conselho Tutelar de Santa Maria e da política proposta pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, e propiciava o atendimento integral de jovens de 12 a 14 anos, em situação de vulnerabilidade social através do envolvimento com a comunidade acadêmica. Os meninos interagiam em todos os centros da UFSM, onde realizavam práticas em laboratórios e atividades profissionalizantes e educativas, além de acompanhamento psicológico que visava melhorar o rendimento escolar e desenvolvimento pessoal. O projeto era desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis. Já o Projeto Meninas na UFSM foi lançado em 1995 e buscou dar a oportunidade a meninas de 12 a 17 anos em situação vulnerável, propiciando a participação em grupos de vivência de saúde coletiva, aulas de canto e música, além de auxiliar em atividades de trabalho na Universidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atividades do Projeto Menino no Campus

Fotógrafo não identificado.
Cerimônia de entrega de lembranças aos integrantes do Projeto Meninos no Campus. O projeto foi criado em 1994 a partir da demanda do Conselho Tutelar de Santa Maria e da política proposta pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, e propiciava o atendimento integral de jovens entre 12 e 14 anos, em situação de vulnerabilidade social através do envolvimento com a comunidade acadêmica. Os meninos interagiam em todos os centros da UFSM, onde realizavam práticas em laboratórios e atividades educativas, além de acompanhamento psicológico, que visava melhorar o rendimento escolar e desenvolvimento pessoal. O projeto era desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atividades do Projeto Menino no Campus

Fotógrafo não identificado.
Cerimônia de entrega de lembranças aos integrantes do Projeto Meninos no Campus. O projeto foi criado em 1994 a partir da demanda do Conselho Tutelar de Santa Maria e da política proposta pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, e propiciava o atendimento integral de jovens entre 12 e 14 anos, em situação de vulnerabilidade social através do envolvimento com a comunidade acadêmica. Os meninos interagiam em todos os centros da UFSM, onde realizavam práticas em laboratórios e atividades educativas, além de acompanhamento psicológico, que visava melhorar o rendimento escolar e desenvolvimento pessoal. O projeto era desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 5208