Mostrar 1085 resultados

Descrição arquivística
Santa Maria/RS/Brasil Bens patrimoniais Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

Doação de livros de Fundador da Fábrica Cyrilla

Em março de 1973 Hulda Carolina Frederica Engel, viúva de um dos fundadores da Fábrica de Refrigerantes Cyrilla doou os livros da biblioteca de seu esposo para a Universidade Federal de Santa Maria. Estiveram na residência para receber a doação o Reitor Mariano da Rocha Filho e Antonio Carlos Machado, chefe de Gabinete. A Fábrica Cyrilla de Bebidas Ltda. foi inaugurada setembro de 1910 pelo caixeiro viajante Frederico Adolfo Diefenthaler, em sociedade com o químico Ernesto Guilherme Geys. Produzia e comercializava águas minerais, águas gasosas (refrigerantes), licores e aperitivos sendo pioneira na cidade de Santa Maria no tocante à industrialização de bebidas. Conforme recente tese de Lima (2019) a fábrica foi uma das mais importantes e representativas da região central do Rio Grande do Sul, e o início da ocupação e o desenvolvimento do Bairro Itararé se deram em virtude da ferrovia instalada na cidade, tal como ocorreu com a Fábrica Cyrilla.
Fonte pesquisada:
LIMA, Bruna. FRONTEIRAS ENTRE O REGIONAL E O TRANSNACIONAL NA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO BRASIL E O CASO DA FÁBRICA CYRILLA DE SANTA MARIA, RS, BRASIL. 2019. 188 f. Tese (Doutorado) - Curso de Doutorado em História, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/19189/TES_PPGHISTORIA_2019_LIMA_BRUNA.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 12 mar. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Doação de livros de Fundador da Fábrica Cyrilla

Em março de 1973 Hulda Carolina Frederica Engel, viúva de um dos fundadores da Fábrica de Refrigerantes Cyrilla doou os livros da biblioteca de seu esposo para a Universidade Federal de Santa Maria. Estiveram na residência para receber a doação o Reitor Mariano da Rocha Filho e Antonio Carlos Machado, chefe de Gabinete. A Fábrica Cyrilla de Bebidas Ltda. foi inaugurada setembro de 1910 pelo caixeiro viajante Frederico Adolfo Diefenthaler, em sociedade com o químico Ernesto Guilherme Geys. Produzia e comercializava águas minerais, águas gasosas (refrigerantes), licores e aperitivos sendo pioneira na cidade de Santa Maria no tocante à industrialização de bebidas. Conforme recente tese de Lima (2019) a fábrica foi uma das mais importantes e representativas da região central do Rio Grande do Sul, e o início da ocupação e o desenvolvimento do Bairro Itararé se deram em virtude da ferrovia instalada na cidade, tal como ocorreu com a Fábrica Cyrilla.
Fonte pesquisada:
LIMA, Bruna. FRONTEIRAS ENTRE O REGIONAL E O TRANSNACIONAL NA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO BRASIL E O CASO DA FÁBRICA CYRILLA DE SANTA MARIA, RS, BRASIL. 2019. 188 f. Tese (Doutorado) - Curso de Doutorado em História, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/19189/TES_PPGHISTORIA_2019_LIMA_BRUNA.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 12 mar. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Doação de livros de Fundador da Fábrica Cyrilla

Em março de 1973 Hulda Carolina Frederica Engel, viúva de um dos fundadores da Fábrica de Refrigerantes Cyrilla doou os livros da biblioteca de seu esposo para a Universidade Federal de Santa Maria. Estiveram na residência para receber a doação o Reitor Mariano da Rocha Filho e Antonio Carlos Machado, chefe de Gabinete. A Fábrica Cyrilla de Bebidas Ltda. foi inaugurada setembro de 1910 pelo caixeiro viajante Frederico Adolfo Diefenthaler, em sociedade com o químico Ernesto Guilherme Geys. Produzia e comercializava águas minerais, águas gasosas (refrigerantes), licores e aperitivos sendo pioneira na cidade de Santa Maria no tocante à industrialização de bebidas. Conforme recente tese de Lima (2019) a fábrica foi uma das mais importantes e representativas da região central do Rio Grande do Sul, e o início da ocupação e o desenvolvimento do Bairro Itararé se deram em virtude da ferrovia instalada na cidade, tal como ocorreu com a Fábrica Cyrilla.
Fonte pesquisada:
LIMA, Bruna. FRONTEIRAS ENTRE O REGIONAL E O TRANSNACIONAL NA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO BRASIL E O CASO DA FÁBRICA CYRILLA DE SANTA MARIA, RS, BRASIL. 2019. 188 f. Tese (Doutorado) - Curso de Doutorado em História, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/19189/TES_PPGHISTORIA_2019_LIMA_BRUNA.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 12 mar. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Sala de conferências da Faculdade de Agronomia

Na porta da sala de conferências da Faculdade de Agronomia há uma placa de metal onde se lê: nesta sala realizou-se o primeiro encontro de reitores alemães em brasileiros em 18/04/1967, assinada por Prof. Dr. Rudolf Sieverts, prof. Dr. Miguel Calmon Du Pin e Almeida e Prof. Dr. José Mariano da Rocha Filho.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 1085