Print preview Close

Showing 50 results

Archival description
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil) Pereira, Ascísio dos Reis, 1965/
Advanced search options
Print preview View:

50 results with digital objects Show results with digital objects

Encerramento da I Jornada de Lutas das Mulheres

Depois de um mês inteiro de construção coletiva, promovendo debates, encontros, oficinas, espaços culturais, de aprendizagem, de conhecimento compartilhado e de muita luta! Encerraremos nossa Jornada, que contou com mais de 22 atividades organizadas por diversos coletivos, movimentos sociais, organizações educativas, populares e artísticas. Encerramos com a certeza de que este fim é simbólico, pois a luta sempre continua. Enquanto todas as mulheres forem tratadas de forma desigual, violenta e opressora, não pararemos por aqui! Seguiremos sempre exigindo respeito e os nossos direitos que nos são negligenciados diariamente.
O encerramento contou com a presença de mulheres em cargos administrativos da Universidade Federal de Santa Maria. O evento teve como fala principal a apresentação do trabalho de Aline Bagetti, intitulada: " Feminismos e a criação de micropolíticas no Plano da Diferença". Após foi apresentado o fórum Municipal Permanente de Mulheres de Santa Maria, pela professora Maria Celeste Landerdahl e aberto um convite a todos interessados em construí-lo.
(I Jornada de Luta das Mulheres. Disponível em https://www.facebook.com/IjornadadeLutasdasMulheres/posts/841546115860283. Acesso em 13/07/2017). Fotografia de Priscila Aguiar.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Encerramento da I Jornada de Lutas das Mulheres

Depois de um mês inteiro de construção coletiva, promovendo debates, encontros, oficinas, espaços culturais, de aprendizagem, de conhecimento compartilhado e de muita luta! Encerraremos nossa Jornada, que contou com mais de 22 atividades organizadas por diversos coletivos, movimentos sociais, organizações educativas, populares e artísticas. Encerramos com a certeza de que este fim é simbólico, pois a luta sempre continua. Enquanto todas as mulheres forem tratadas de forma desigual, violenta e opressora, não pararemos por aqui! Seguiremos sempre exigindo respeito e os nossos direitos que nos são negligenciados diariamente.
O encerramento contou com a presença de mulheres em cargos administrativos da Universidade Federal de Santa Maria. O evento teve como fala principal a apresentação do trabalho de Aline Bagetti, intitulada: " Feminismos e a criação de micropolíticas no Plano da Diferença". Após foi apresentado o fórum Municipal Permanente de Mulheres de Santa Maria, pela professora Maria Celeste Landerdahl e aberto um convite a todos interessados em construí-lo.
(I Jornada de Luta das Mulheres. Disponível em https://www.facebook.com/IjornadadeLutasdasMulheres/posts/841546115860283. Acesso em 13/07/2017). Fotografia de Priscila Aguiar.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Encerramento da I Jornada de Lutas das Mulheres

Depois de um mês inteiro de construção coletiva, promovendo debates, encontros, oficinas, espaços culturais, de aprendizagem, de conhecimento compartilhado e de muita luta! Encerraremos nossa Jornada, que contou com mais de 22 atividades organizadas por diversos coletivos, movimentos sociais, organizações educativas, populares e artísticas. Encerramos com a certeza de que este fim é simbólico, pois a luta sempre continua. Enquanto todas as mulheres forem tratadas de forma desigual, violenta e opressora, não pararemos por aqui! Seguiremos sempre exigindo respeito e os nossos direitos que nos são negligenciados diariamente.
O encerramento contou com a presença de mulheres em cargos administrativos da Universidade Federal de Santa Maria. O evento teve como fala principal a apresentação do trabalho de Aline Bagetti, intitulada: " Feminismos e a criação de micropolíticas no Plano da Diferença". Após foi apresentado o fórum Municipal Permanente de Mulheres de Santa Maria, pela professora Maria Celeste Landerdahl e aberto um convite a todos interessados em construí-lo.
(I Jornada de Luta das Mulheres. Disponível em https://www.facebook.com/IjornadadeLutasdasMulheres/posts/841546115860283. Acesso em 13/07/2017). Fotografia de Priscila Aguiar.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Viva Bem

Vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e ao Gabinete do Reitor da UFSM, o Programa Viva o Campus tem o objetivo de oferecer nos finais de semana ações para a comunidade regional no campus. Na edição intitulada "Viva Bem: Viva o Campus" o público teve a oportunidade de participar de atividades relaxantes, rodas de conversas sobre alimentação, caminhadas, meditação, além de apresentações de dança circular.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - 1ª Corrida Rústica de Aniversário da UFSM

Em comemoração aos 55 anos da UFSM, a Pró-Reitoria de Extensão (PRE) em parceria com a Assessoria Esportiva Ideia Fixa, promoveram a 1ª Corrida Rústica de Aniversário da UFSM. O evento ocorreu no campus da universidade, dia 13 de dezembro de 2015 e teve como objetivo promover o bem-estar da comunidade de Santa Maria e região.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - 1ª Corrida Rústica de Aniversário da UFSM

Em comemoração aos 55 anos da UFSM, a Pró-Reitoria de Extensão (PRE) em parceria com a Assessoria Esportiva Ideia Fixa, promoveram a 1ª Corrida Rústica de Aniversário da UFSM. O evento ocorreu no campus da universidade, dia 13 de dezembro de 2015 e teve como objetivo promover o bem-estar da comunidade de Santa Maria e região.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Mulheres (en)canto e poder

O evento contou com as vozes de: Amanda Shreiner, Gisele Guimarães, Juliana da Rosa, Jordana Henriques, Laura Christmann, Miriane Brock e Paola Matos. Bem como com as bandas: Green Lizard e Guantánamo Groove.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Viva Bem

Vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e ao Gabinete do Reitor da UFSM, o Programa Viva o Campus tem o objetivo de oferecer nos finais de semana ações para a comunidade regional no campus. Na edição intitulada "Viva Bem: Viva o Campus" o público teve a oportunidade de participar de atividades relaxantes, rodas de conversas sobre alimentação, caminhadas, meditação, além de apresentações de dança circular.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descubra UFSM 2015

O Descubra 2015 realizou-se de 11 a 15 de junho. Trabalho de extensão do Descubra UFSM 2015, tendo como parceiros essenciais, Alternativa e NTE UAB UFSM.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Palestras e Minicurso da Educadora Popular Dulcineia de Fátima Ferreira

As Palestras e Minicurso da Educadora Popular Dulcineia de Fátima Ferreira 2015 ocorreram de 18 a 21 de novembro. A Pró-reitoria de Extensão recebeu a educadora popular Dulcineia de Fátima Ferreira. Dulce é docente da Universidade Federal de São Carlos, e veio a Santa Maria para ministrar um mini-curso junto ao Pré-Universitário Popular Alternativa sobre "Educação popular em Paulo Freire: reflexões atuais e releituras possíveis". Dulce proferiu uma conferência intitulada "Pensar a educação popular no contexto da educação superior atual: afinal o que pensamos sobre essa questão?", para o programa de graduação especial em formação de professores para a educação profissional e tecnológica, no Centro de Educação, e também realizou um curso de formação em educação jurídica popular sobre o tema "Educação Popular: fundamentos teóricos e métodos" para estudantes do curso de Direito da UFSM. Fotografia de Giovana Silveira.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - 1ª Corrida Rústica de Aniversário da UFSM

Em comemoração aos 55 anos da UFSM, a Pró-Reitoria de Extensão (PRE) em parceria com a Assessoria Esportiva Ideia Fixa, promoveram a 1ª Corrida Rústica de Aniversário da UFSM. O evento ocorreu no campus da universidade, dia 13 de dezembro de 2015 e teve como objetivo promover o bem-estar da comunidade de Santa Maria e região.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Desdobramento Diálogos Saberes Indígenas e Educação

Em sua segunda edição, o Descubra UFSM, evento que tem os moldes de uma feira das profissões, proporcionou uma série de trocas sobre as experiências vividas na universidade. A entrada foi gratuita e aberta ao público em geral. Segundo o coordenador-geral do evento, Jerônimo Siqueira Tybusch, o objetivo é consolidar a marca Descubra, uma proposta inovadora na qual o protagonista é o estudante em busca de uma profissão. “Não é só uma exposição, mas um laboratório de vivências”, relata. O Descubra a UFSM é realizado pela Pró-reitoria de Graduação e pela Coperves. (UFSM convida a comunidade para compartilhar experiências, disponível em: http://site.ufsm.br/noticias/exibir/ufsm-convida-comunidade-para-compartilhar-experien. Acesso em 20/06/2017). Fotografia de Priscila Aguiar.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Meio Ambiente

Fotografia de Bárbara Tatiane de Ávila Santos.
O Viva o Campus alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente promoveu oficina de dança circular e atividades do projeto "Olha o passarinho" e do curso de especialização em Educação Ambiental.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Meio Ambiente

Fotografia de Bárbara Tatiane de Ávila Santos.
O Viva o Campus alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente promoveu oficina de dança circular e atividades do projeto "Olha o passarinho" e do curso de especialização em Educação Ambiental.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Meio Ambiente

Fotografia de Bárbara Tatiane de Ávila Santos.
O Viva o Campus alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente promoveu oficina de dança circular e atividades do projeto "Olha o passarinho" e do curso de especialização em Educação Ambiental.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Meio Ambiente

Fotografia de Bárbara Tatiane de Ávila Santos.
O Viva o Campus alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente promoveu oficina de dança circular e atividades do projeto "Olha o passarinho" e do curso de especialização em Educação Ambiental.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Magical Mystery

Programação: campeonato de manobras de skate na rua do Jardim Botânico com a Facos/UFSM; atividades de promoção à saúde com o programa de Residência Multiprofissional Integrado da UFSM, no Espaço Multiuso; Banda Magical Mystery

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Guantánamo Groove

Âmbito e Conteúdo: Programação: Show com a Banda Guantánamo Groove; atividades de promoção à saúde com o programa de Residência Multiprofissional Integrado da UFSM, observação de aves no campus com o projeto "Olha o passarinho".

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Meio Ambiente

Fotografia de Bárbara Tatiane de Ávila Santos.
O Viva o Campus alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente promoveu oficina de dança circular e atividades do projeto "Olha o passarinho" e do curso de especialização em Educação Ambiental.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Dia do Trabalhador

Fotografia de Bárbara Tatiane de Ávila Santos.
Promovido pela Pró-Reitoria de Extensão e Sedufsm. A abertura contou com a participação da banda In Coma. Na sequência, o cantor Antonio Gringo. A temática política e social se faz presente no repertório do cantor, acompanhado dos músicos Sérgio Rosa (acordeonista) e Jair Medeiros (violonista).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Headphones

Programação: Uma caminhada guiada foi realizada pelo campus, tendo como ponto de partida o Arco da UFSM, com trajeto de nove quilômetros. O guia da caminhada foi o professor Lucio Strazzabosco Dorneles; show com a banda Headphones.
Fonte pesquisada:
<http://site.ufsm.br/noticias/exibir/viva-o-campus-tera-caminhada-guiada-e-show-neste-d >.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Encontro de Abertura da Pré-Incubação da Incubadora Social

O Encontro de Abertura da Pré-Incubação reuniu o Colegiado Gestor da Incubadora Social da UFSM e os dez grupos selecionados para iniciar o período de pré-incubação. Um dos momentos mais importantes, no turno da manhã, foi a socialização dos grupos, que apresentaram seus produtos e atividades desenvolvidas em suas comunidades. Esse momento possibilitou que os grupos compartilhassem experiências e discutissem desafios a serem enfrentados para efetivar o processo de incubação. Na parte da tarde, os grupos apresentaram suas dúvidas e receberam orientação sobre o processo de pré-incubação. Por fim, organizou-se juntamente com os grupos um calendário de visitas às comunidades que serão realizadas pelo Colegiado Gestor ainda no mês de maio. Grupos pré-incubados: ARÁ DUDU – Coletivo de arte e cultura negra; Associação Comunitária Remanescentes quilombolas e de Júlio Borges; Associação de catadores de materiais recicláveis Palmeira Verde; Associação quilombola Linha Fão; Coletivo de resistência artística periférica- CORAP; Comunidade de terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; Grupo de agricultores orgânicos da região central- RS; Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã; Marias Bonitas fazendo história; NÍVEL 8**- Mulheres na construção Civil.
Fonte pesquisada: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/392-encontro-de-abertura-da-pre-incubacao-da-incubadora-so

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - GranJah Roots

Programação: Show com a banda Granjah Roots; Observação de aves com o projeto Olha o Passarinho, Caminhada guiada no campus com o professor Lucio Strazzabosco Dorneles, no arco da UFSM; atividade da Série da Recitais dos professores do Departamento de Música da UFSM, a partir das 17h, no Caixa Preta.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - GranJah Roots

Programação: Show com a banda Granjah Roots; Observação de aves com o projeto Olha o Passarinho, Caminhada guiada no campus com o professor Lucio Strazzabosco Dorneles, no arco da UFSM; atividade da Série da Recitais dos professores do Departamento de Música da UFSM, a partir das 17h, no Caixa Preta.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - The Césaros

Programação: Primeira Caminhada santa-mariense de Adoção, alusiva ao Dia Nacional de Adoção de Crianças e Adolescentes, comemorado no dia 25 de maio, além de feira de troca de livros e brinquedos e de atrações musicais organizada pelo Grupo de Apoio e Incentivo a Adoção de Santa Maria (GAIA-SM), Feira de Troca de Livros e Brinquedos; Brincadeiras e jogos com os professores do Grupo Criançar; Show Cataventar com o músico Marcelo Schmidt; Show com a The Césaros
Fonte pesquisada: http://site.ufsm.br/noticias/exibir/viva-o-campus-tera-shows-troca-de-brinquedos-e-liv

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a Ufsm, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município.
O documento foi assinado em um evento bastante prestigiado. Para o professor da Ufsm, Ascisio Pereira, o trabalho de extensão da Universidade com os catadores trará inúmeros benefícios. “É uma conquista importante, pois os catadores passam a ter mais dignidade de vida. Eles serão beneficiados com o conhecimento da Universidade, com melhorias na infraestrutura de trabalho, com articulação de um local adequado de trabalho e aquisição de uma prensa, facilitando as ações no dia a dia”. O presidente da Associação Antônio Eloí considera que a parceria com a universidade a partir é uma oportunidade para os catadores melhorarem as condições de trabalho. “Esse projeto é uma oportunidade para os catadores têm de melhorar a qualidade de vida. Vamos agarra-la [oportunidade] com as duas mãos, e daqui a três anos poder caminhar com as próprias pernas”. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. O evento contou com a presença do diretor da Ufsm Rafael Lazzari, o vereador Cláudio Mineiro, o diretor-presidente do Cesurg Rafael Rosseto, além de representantes da 20ªCRE, 10ª CRA e movimentos sociais. (Grupo de catadores assina termo de responsabilidade com a UFSM, disponível em: http://coral.ufsm.br/midia/?p=40624. Acesso em 26/12/2017).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a Ufsm, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município.
O documento foi assinado em um evento bastante prestigiado. Para o professor da Ufsm, Ascisio Pereira, o trabalho de extensão da Universidade com os catadores trará inúmeros benefícios. “É uma conquista importante, pois os catadores passam a ter mais dignidade de vida. Eles serão beneficiados com o conhecimento da Universidade, com melhorias na infraestrutura de trabalho, com articulação de um local adequado de trabalho e aquisição de uma prensa, facilitando as ações no dia a dia”. O presidente da Associação Antônio Eloí considera que a parceria com a universidade a partir é uma oportunidade para os catadores melhorarem as condições de trabalho. “Esse projeto é uma oportunidade para os catadores têm de melhorar a qualidade de vida. Vamos agarra-la [oportunidade] com as duas mãos, e daqui a três anos poder caminhar com as próprias pernas”. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. O evento contou com a presença do diretor da Ufsm Rafael Lazzari, o vereador Cláudio Mineiro, o diretor-presidente do Cesurg Rafael Rosseto, além de representantes da 20ªCRE, 10ª CRA e movimentos sociais. (Grupo de catadores assina termo de responsabilidade com a UFSM, disponível em: http://coral.ufsm.br/midia/?p=40624. Acesso em 26/12/2017).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a Ufsm, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município.
O documento foi assinado em um evento bastante prestigiado. Para o professor da Ufsm, Ascisio Pereira, o trabalho de extensão da Universidade com os catadores trará inúmeros benefícios. “É uma conquista importante, pois os catadores passam a ter mais dignidade de vida. Eles serão beneficiados com o conhecimento da Universidade, com melhorias na infraestrutura de trabalho, com articulação de um local adequado de trabalho e aquisição de uma prensa, facilitando as ações no dia a dia”. O presidente da Associação Antônio Eloí considera que a parceria com a universidade a partir é uma oportunidade para os catadores melhorarem as condições de trabalho. “Esse projeto é uma oportunidade para os catadores têm de melhorar a qualidade de vida. Vamos agarra-la [oportunidade] com as duas mãos, e daqui a três anos poder caminhar com as próprias pernas”. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. O evento contou com a presença do diretor da Ufsm Rafael Lazzari, o vereador Cláudio Mineiro, o diretor-presidente do Cesurg Rafael Rosseto, além de representantes da 20ªCRE, 10ª CRA e movimentos sociais. (Grupo de catadores assina termo de responsabilidade com a UFSM, disponível em: http://coral.ufsm.br/midia/?p=40624. Acesso em 26/12/2017).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Viva o Campus - Setembro Amarelo

Fotografia de Fernando Sapata.
O projeto Viva o Campus, da Pró-Reitoria de Extensão, teve edição especial com o tema do Setembro Amarelo. A campanha alerta para a prevenção contra o suicídio. As atividades do evento foram gratuitas e abertas ao público (Viva o Campus dem edição especial do Setembro Amarelo, disponível em: http://site.ufsm.br/noticias/exibir/viva-o-campus-tem-edicao-especial-do-setembro-amar. Acesso em 27/12/2017).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Feira Ana Primavesi - Primeira Feira de Produtos Orgânicos de Santa Maria

Realização da 1ª edição da Feira Ana Primavesi, que comercializa apenas produtos orgânicos e certificados conforme a Legislação Brasileira de Produção Orgânica. Ou seja, são frutas, legumes e verduras cultivados sem adição de agrotóxicos ou produtos químicos. Alface, couve, arroz de diversos tipos, temperos, morango, laranja, lima, tempero verde, entre outros produtos foram comercializados. A feira acontece todas as quartas-feiras no espaço Multiuso.
Histórico: Em 2014, um grupo de produtores orgânicos juntamente com técnicos da EMATER, procuram a UFSM para o estabelecimento de uma parceria. Constituiu-se um coletivo multidisciplinar formado por agricultores, técnicos da EMATER, professores, técnicos administrativos e estudantes da UFSM, tendo a Pró-Reitoria de Extensão o papel de, institucionalmente, sediar, articular e potencializar esse coletivo. Em 2015 foi promovido um diálogo ente agricultores acerca das dificuldades e soluções encontradas na produção da agricultura orgânica. Estes desafios passaram a ser trabalhados coletivamente através de ações em propriedades de agricultores, com o objetivo de definir as demandas fundamentais do projeto. Estas demandas foram trazidas para a universidade, que determinou que a feira de produtos orgânicos seria a questão crucial do projeto, priorizando a alimentação e saúde como compromisso de todos os envolvidos. A feira orgânica está amparada na Lei número 10.831/03 e o decrato número 6.323/07.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Feira Ana Primavesi - Primeira Feira de Produtos Orgânicos de Santa Maria

Realização da 1ª edição da Feira Ana Primavesi, que comercializa apenas produtos orgânicos e certificados conforme a Legislação Brasileira de Produção Orgânica. Ou seja, são frutas, legumes e verduras cultivados sem adição de agrotóxicos ou produtos químicos. Alface, couve, arroz de diversos tipos, temperos, morango, laranja, lima, tempero verde, entre outros produtos foram comercializados. A feira acontece todas as quartas-feiras no espaço Multiuso.
Histórico: Em 2014, um grupo de produtores orgânicos juntamente com técnicos da EMATER, procuram a UFSM para o estabelecimento de uma parceria. Constituiu-se um coletivo multidisciplinar formado por agricultores, técnicos da EMATER, professores, técnicos administrativos e estudantes da UFSM, tendo a Pró-Reitoria de Extensão o papel de, institucionalmente, sediar, articular e potencializar esse coletivo. Em 2015 foi promovido um diálogo ente agricultores acerca das dificuldades e soluções encontradas na produção da agricultura orgânica. Estes desafios passaram a ser trabalhados coletivamente através de ações em propriedades de agricultores, com o objetivo de definir as demandas fundamentais do projeto. Estas demandas foram trazidas para a universidade, que determinou que a feira de produtos orgânicos seria a questão crucial do projeto, priorizando a alimentação e saúde como compromisso de todos os envolvidos. A feira orgânica está amparada na Lei número 10.831/03 e o decrato número 6.323/07.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Feira Ana Primavesi - Primeira Feira de Produtos Orgânicos de Santa Maria

Realização da 1ª edição da Feira Ana Primavesi, que comercializa apenas produtos orgânicos e certificados conforme a Legislação Brasileira de Produção Orgânica. Ou seja, são frutas, legumes e verduras cultivados sem adição de agrotóxicos ou produtos químicos. Alface, couve, arroz de diversos tipos, temperos, morango, laranja, lima, tempero verde, entre outros produtos foram comercializados. A feira acontece todas as quartas-feiras no espaço Multiuso.
Histórico: Em 2014, um grupo de produtores orgânicos juntamente com técnicos da EMATER, procuram a UFSM para o estabelecimento de uma parceria. Constituiu-se um coletivo multidisciplinar formado por agricultores, técnicos da EMATER, professores, técnicos administrativos e estudantes da UFSM, tendo a Pró-Reitoria de Extensão o papel de, institucionalmente, sediar, articular e potencializar esse coletivo. Em 2015 foi promovido um diálogo ente agricultores acerca das dificuldades e soluções encontradas na produção da agricultura orgânica. Estes desafios passaram a ser trabalhados coletivamente através de ações em propriedades de agricultores, com o objetivo de definir as demandas fundamentais do projeto. Estas demandas foram trazidas para a universidade, que determinou que a feira de produtos orgânicos seria a questão crucial do projeto, priorizando a alimentação e saúde como compromisso de todos os envolvidos. A feira orgânica está amparada na Lei número 10.831/03 e o decrato número 6.323/07.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Feira Ana Primavesi - Primeira Feira de Produtos Orgânicos de Santa Maria

Realização da 1ª edição da Feira Ana Primavesi, que comercializa apenas produtos orgânicos e certificados conforme a Legislação Brasileira de Produção Orgânica. Ou seja, são frutas, legumes e verduras cultivados sem adição de agrotóxicos ou produtos químicos. Alface, couve, arroz de diversos tipos, temperos, morango, laranja, lima, tempero verde, entre outros produtos foram comercializados. A feira acontece todas as quartas-feiras no espaço Multiuso.
Histórico: Em 2014, um grupo de produtores orgânicos juntamente com técnicos da EMATER, procuram a UFSM para o estabelecimento de uma parceria. Constituiu-se um coletivo multidisciplinar formado por agricultores, técnicos da EMATER, professores, técnicos administrativos e estudantes da UFSM, tendo a Pró-Reitoria de Extensão o papel de, institucionalmente, sediar, articular e potencializar esse coletivo. Em 2015 foi promovido um diálogo ente agricultores acerca das dificuldades e soluções encontradas na produção da agricultura orgânica. Estes desafios passaram a ser trabalhados coletivamente através de ações em propriedades de agricultores, com o objetivo de definir as demandas fundamentais do projeto. Estas demandas foram trazidas para a universidade, que determinou que a feira de produtos orgânicos seria a questão crucial do projeto, priorizando a alimentação e saúde como compromisso de todos os envolvidos. A feira orgânica está amparada na Lei número 10.831/03 e o decrato número 6.323/07.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Feira Ana Primavesi - Primeira Feira de Produtos Orgânicos de Santa Maria

Realização da 1ª edição da Feira Ana Primavesi, que comercializa apenas produtos orgânicos e certificados conforme a Legislação Brasileira de Produção Orgânica. Ou seja, são frutas, legumes e verduras cultivados sem adição de agrotóxicos ou produtos químicos. Alface, couve, arroz de diversos tipos, temperos, morango, laranja, lima, tempero verde, entre outros produtos foram comercializados. A feira acontece todas as quartas-feiras no espaço Multiuso.
Histórico: Em 2014, um grupo de produtores orgânicos juntamente com técnicos da EMATER, procuram a UFSM para o estabelecimento de uma parceria. Constituiu-se um coletivo multidisciplinar formado por agricultores, técnicos da EMATER, professores, técnicos administrativos e estudantes da UFSM, tendo a Pró-Reitoria de Extensão o papel de, institucionalmente, sediar, articular e potencializar esse coletivo. Em 2015 foi promovido um diálogo ente agricultores acerca das dificuldades e soluções encontradas na produção da agricultura orgânica. Estes desafios passaram a ser trabalhados coletivamente através de ações em propriedades de agricultores, com o objetivo de definir as demandas fundamentais do projeto. Estas demandas foram trazidas para a universidade, que determinou que a feira de produtos orgânicos seria a questão crucial do projeto, priorizando a alimentação e saúde como compromisso de todos os envolvidos. A feira orgânica está amparada na Lei número 10.831/03 e o decrato número 6.323/07.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Feira Ana Primavesi - Primeira Feira de Produtos Orgânicos de Santa Maria

Realização da 1ª edição da Feira Ana Primavesi, que comercializa apenas produtos orgânicos e certificados conforme a Legislação Brasileira de Produção Orgânica. Ou seja, são frutas, legumes e verduras cultivados sem adição de agrotóxicos ou produtos químicos. Alface, couve, arroz de diversos tipos, temperos, morango, laranja, lima, tempero verde, entre outros produtos foram comercializados. A feira acontece todas as quartas-feiras no espaço Multiuso.
Histórico: Em 2014, um grupo de produtores orgânicos juntamente com técnicos da EMATER, procuram a UFSM para o estabelecimento de uma parceria. Constituiu-se um coletivo multidisciplinar formado por agricultores, técnicos da EMATER, professores, técnicos administrativos e estudantes da UFSM, tendo a Pró-Reitoria de Extensão o papel de, institucionalmente, sediar, articular e potencializar esse coletivo. Em 2015 foi promovido um diálogo ente agricultores acerca das dificuldades e soluções encontradas na produção da agricultura orgânica. Estes desafios passaram a ser trabalhados coletivamente através de ações em propriedades de agricultores, com o objetivo de definir as demandas fundamentais do projeto. Estas demandas foram trazidas para a universidade, que determinou que a feira de produtos orgânicos seria a questão crucial do projeto, priorizando a alimentação e saúde como compromisso de todos os envolvidos. A feira orgânica está amparada na Lei número 10.831/03 e o decrato número 6.323/07.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)