Showing 61 results

Archival description
Pró-Reitoria de Extensão (PRE) Palmeira das Missões/RS/Brasil With digital objects
Print preview View:

Fórum Regional Permanente de Extensão

O encontro, para discutirem de forma conjunta as demandas a ações prioritárias para a região onde está instalado o campus da Universidade, marcou o início dos eventos regionalizados do Fórum Permanente de Extensão, que vem sendo implantado na Universidade, por meio do projeto Desenvolva, conduzido pela Coordenadoria de Ações Regionais e Inovação, órgão ligado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE), com o apoio do Escritório de Projetos EcoAGILE, do Colégio Técnico e Industrial da UFSM (CTISM). Após a abertura do Fórum, foram apresentados o diagnóstico dos projetos desenvolvidos pela UFSM e as demandas definidas durante encontros preliminares realizados em 2016. Em seguida, os participantes foram divididos em grupos de trabalho, conforme os oito eixos de atuação da extensão universitária: comunicação, educação, cultura, direitos humanos e justiça, tecnologia, trabalho, saúde e meio ambiente. Estiveram presentes na abertura do Fórum Regional em Palmeira das Missões, o reitor da UFSM, professor Paulo Afonso Burmann, o diretor do campus em Palmeira das Missões, professor Rafael Lazzari, a pró-reitora de Extensão, professora Teresinha Heck Weiller, o Coordenador de Ações Regionais e Inovação, professor Cláudio Roth, o prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Freire, e o presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Zottis Padilha. Fotógrafo não identificado.

Untitled

2º Fórum Regional Permanente de Extensão

Fotografia de Mariana Nogueira Henriques.
Promovido pela Pró-Reitoria de Extensão (PRE) através da Coordenadoria de Ações Regionais e Inovações o evento tem o objetivo de definir e melhorar os projetos de extensão da Universidade para que esta instituição se aproxime cada vez mais da sociedade, afinando suas demandas e áreas prioritárias. O evento ocorreu nos dias 11 e 30 de outubro e 06 de novembro de 2019, respectivamente, nos Campi da UFSM em Cachoeira do Sul, Frederico Westphalen, Palmeira das Missões e na sede em Santa Maria.

Untitled

2º Fórum Regional Permanente de Extensão

Fotografia de Mariana Nogueira Henriques.
Promovido pela Pró-Reitoria de Extensão (PRE) através da Coordenadoria de Ações Regionais e Inovações o evento tem o objetivo de definir e melhorar os projetos de extensão da Universidade para que esta instituição se aproxime cada vez mais da sociedade, afinando suas demandas e áreas prioritárias. O evento ocorreu nos dias 11 e 30 de outubro e 06 de novembro de 2019, respectivamente, nos Campi da UFSM em Cachoeira do Sul, Frederico Westphalen, Palmeira das Missões e na sede em Santa Maria.

Untitled

2º Fórum Regional Permanente de Extensão

Fotografia de Mariana Nogueira Henriques.
Promovido pela Pró-Reitoria de Extensão (PRE) através da Coordenadoria de Ações Regionais e Inovações o evento tem o objetivo de definir e melhorar os projetos de extensão da Universidade para que esta instituição se aproxime cada vez mais da sociedade, afinando suas demandas e áreas prioritárias. O evento ocorreu nos dias 11 e 30 de outubro e 06 de novembro de 2019, respectivamente, nos Campi da UFSM em Cachoeira do Sul, Frederico Westphalen, Palmeira das Missões e na sede em Santa Maria.

Untitled

Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica de Santa Maria em Palmeira das Missões

Fotografia de Wellington Felipe Hack.
Em 14 de dezembro de 2019 foi realizado em Palmeira das Missões o Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM). A realização do concerto foi uma parceria entre o campus de Palmeira das Missões, a Secretaria de Cultura de Palmeira das Missões e a Pró-Reitoria de Extensão (PRE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Untitled

Virada Cultural no Campus Palmeira das Missões

A Virada Cultural foi realizada no Centro de Educação Superior Norte do RS (Cesnors) campus de Palmeira das Missões. O evento foi promovido pelo DCE, DAs, CEU-V, Cosmus, UFSM e Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões. Foram realizadas 24h de atividades, envolvendo, oficinas, rodas de conversa, debates e show de talentos, envolvendo, estudantes, servidores e comunidade em geral. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Virada Cultural no Campus Palmeira das Missões

A Virada Cultural foi realizada no Centro de Educação Superior Norte do RS (Cesnors) campus de Palmeira das Missões. O evento foi promovido pelo DCE, DAs, CEU-V, Cosmus, UFSM e Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões. Foram realizadas 24h de atividades, envolvendo, oficinas, rodas de conversa, debates e show de talentos, envolvendo, estudantes, servidores e comunidade em geral. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Fórum Regional Permanente de Extensão

O encontro, para discutirem de forma conjunta as demandas a ações prioritárias para a região onde está instalado o campus da Universidade, marcou o início dos eventos regionalizados do Fórum Permanente de Extensão, que vem sendo implantado na Universidade, por meio do projeto Desenvolva, conduzido pela Coordenadoria de Ações Regionais e Inovação, órgão ligado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE), com o apoio do Escritório de Projetos EcoAGILE, do Colégio Técnico e Industrial da UFSM (CTISM). Após a abertura do Fórum, foram apresentados o diagnóstico dos projetos desenvolvidos pela UFSM e as demandas definidas durante encontros preliminares realizados em 2016. Em seguida, os participantes foram divididos em grupos de trabalho, conforme os oito eixos de atuação da extensão universitária: comunicação, educação, cultura, direitos humanos e justiça, tecnologia, trabalho, saúde e meio ambiente.
Fonte pesquisada: http://palmeira.ufsm.br/index.php/listar-noticias/1870-palmeira-das-missoes-sedia-forum-regional-permanente-de-extensao

Untitled

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a UFSM, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica de Santa Maria em Palmeira das Missões

Fotografia de Wellington Felipe Hack.
Em 14 de dezembro de 2019 foi realizado em Palmeira das Missões o Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM). A realização do concerto foi uma parceria entre o campus de Palmeira das Missões, a Secretaria de Cultura de Palmeira das Missões e a Pró-Reitoria de Extensão (PRE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Untitled

Virada Cultural no Campus Palmeira das Missões

A Virada Cultural foi realizada no Centro de Educação Superior Norte do RS (Cesnors) campus de Palmeira das Missões. O evento foi promovido pelo DCE, DAs, CEU-V, Cosmus, UFSM e Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões. Foram realizadas 24h de atividades, envolvendo, oficinas, rodas de conversa, debates e show de talentos, envolvendo, estudantes, servidores e comunidade em geral. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Virada Cultural no Campus Palmeira das Missões

A Virada Cultural foi realizada no Centro de Educação Superior Norte do RS (Cesnors) campus de Palmeira das Missões. O evento foi promovido pelo DCE, DAs, CEU-V, Cosmus, UFSM e Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões. Foram realizadas 24h de atividades, envolvendo, oficinas, rodas de conversa, debates e show de talentos, envolvendo, estudantes, servidores e comunidade em geral. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Infantuna – Grupo de música folclórica Portuguesa

O grupo Infantuna de música folclórica portuguesa atravessou o Atlântico para apresentar à comunidade acadêmica da UFSM no campus de Santa Maria e Palmeira das Missões numa promoção da Pró-Reitoria de Extensão (PRE), por
meio do programa Viva o Campus, em parceria com o Consulado de Portugal.
O grupo apresentou-se na Câmara de Vereadores em Palmeira das Missões dia 09 e no Teatro Treze de Maio dia 10 à noite. O Infantuna é uma associação acadêmica de carácter cultural, sem fins lucrativos, que desde 1991 vem atuando nos mais diferentes espaços, difundindo a cultura lusitana. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Fórum Regional Permanente de Extensão

O encontro, para discutirem de forma conjunta as demandas a ações prioritárias para a região onde está instalado o campus da Universidade, marcou o início dos eventos regionalizados do Fórum Permanente de Extensão, que vem sendo implantado na Universidade, por meio do projeto Desenvolva, conduzido pela Coordenadoria de Ações Regionais e Inovação, órgão ligado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE), com o apoio do Escritório de Projetos EcoAGILE, do Colégio Técnico e Industrial da UFSM (CTISM). Após a abertura do Fórum, foram apresentados o diagnóstico dos projetos desenvolvidos pela UFSM e as demandas definidas durante encontros preliminares realizados em 2016. Em seguida, os participantes foram divididos em grupos de trabalho, conforme os oito eixos de atuação da extensão universitária: comunicação, educação, cultura, direitos humanos e justiça, tecnologia, trabalho, saúde e meio ambiente. Estiveram presentes na abertura do Fórum Regional em Palmeira das Missões, o reitor da UFSM, professor Paulo Afonso Burmann, o diretor do campus em Palmeira das Missões, professor Rafael Lazzari, a pró-reitora de Extensão, professora Teresinha Heck Weiller, o Coordenador de Ações Regionais e Inovação, professor Cláudio Roth, o prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Freire, e o presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Zottis Padilha. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Fórum Regional Permanente de Extensão

O encontro, para discutirem de forma conjunta as demandas a ações prioritárias para a região onde está instalado o campus da Universidade, marcou o início dos eventos regionalizados do Fórum Permanente de Extensão, que vem sendo implantado na Universidade, por meio do projeto Desenvolva, conduzido pela Coordenadoria de Ações Regionais e Inovação, órgão ligado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE), com o apoio do Escritório de Projetos EcoAGILE, do Colégio Técnico e Industrial da UFSM (CTISM). Após a abertura do Fórum, foram apresentados o diagnóstico dos projetos desenvolvidos pela UFSM e as demandas definidas durante encontros preliminares realizados em 2016. Em seguida, os participantes foram divididos em grupos de trabalho, conforme os oito eixos de atuação da extensão universitária: comunicação, educação, cultura, direitos humanos e justiça, tecnologia, trabalho, saúde e meio ambiente. Estiveram presentes na abertura do Fórum Regional em Palmeira das Missões, o reitor da UFSM, professor Paulo Afonso Burmann, o diretor do campus em Palmeira das Missões, professor Rafael Lazzari, a pró-reitora de Extensão, professora Teresinha Heck Weiller, o Coordenador de Ações Regionais e Inovação, professor Cláudio Roth, o prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Freire, e o presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Zottis Padilha. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a UFSM, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a UFSM, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Virada Cultural no Campus Palmeira das Missões

A Virada Cultural foi realizada no Centro de Educação Superior Norte do RS (Cesnors) campus de Palmeira das Missões. O evento foi promovido pelo DCE, DAs, CEU-V, Cosmus, UFSM e Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões. Foram realizadas 24h de atividades, envolvendo, oficinas, rodas de conversa, debates e show de talentos, envolvendo, estudantes, servidores e comunidade em geral. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Virada Cultural no Campus Palmeira das Missões

A Virada Cultural foi realizada no Centro de Educação Superior Norte do RS (Cesnors) campus de Palmeira das Missões. O evento foi promovido pelo DCE, DAs, CEU-V, Cosmus, UFSM e Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões. Foram realizadas 24h de atividades, envolvendo, oficinas, rodas de conversa, debates e show de talentos, envolvendo, estudantes, servidores e comunidade em geral. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Infantuna – Grupo de música folclórica Portuguesa

O grupo Infantuna de música folclórica portuguesa atravessou o Atlântico para apresentar à comunidade acadêmica da UFSM no campus de Santa Maria e Palmeira das Missões numa promoção da Pró-Reitoria de Extensão (PRE), por
meio do programa Viva o Campus, em parceria com o Consulado de Portugal.
O grupo apresentou-se na Câmara de Vereadores em Palmeira das Missões dia 09 e no Teatro Treze de Maio dia 10 à noite. O Infantuna é uma associação acadêmica de carácter cultural, sem fins lucrativos, que desde 1991 vem atuando nos mais diferentes espaços, difundindo a cultura lusitana. Fotógrafo não identificado.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Participação da UFSM no 1º Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres

Fotografia de Giovanna Angeloti.
No dia 17 de novembro, a convite da professora Dra. Alice do Carmo Jahn e da coordenadora do Movimento Meninos e Meninas de Rua de Palmeira das Missões, Vera de Fatima Amaral da Silva Rangel, a equipe da Incubadora Social e do Observatório de Direitos Humanos da UFSM participou do 1° Encontro Intercultural do Coletivo de Mulheres, realizado no 35 CTG – Centro de Tradições Gaúchas de Palmeira das Missões. O evento aconteceu com ampla participação da comunidade, a fim de discutir como acadêmicos e demais políticos podem traçar caminhos, respeitando a diversidade cultural das mulheres, ultrapassando as barreiras do racismo, dos preconceitos e das iniquidades sociais. Assim, com a participação dos coletivos da Mulher Negra e das representações indígenas, bem como dos grupos de estudo da saúde coletiva e da ruralidade, o encontro reuniu variadas percepções sobre as demandas reais das mulheres, que perpassam categorias de raça, classe, idade, região, etnia, entre outras. O cronograma do encontro incluiu uma roda de conversa sobre a diversidade cultural, seus desafios e oportunidades, além de uma fala da representante do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (CONSEA-RS), discutindo insegurança alimentar e saúde coletiva como uma pauta de gênero.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Incubadora Social da UFSM Visita o Movimento Meninos e Meninas de Rua em Palmeira das Missões

Fotografia de Giovanna Angeloti.
Durante o 1° Encontro do Coletivo de Mulheres em Palmeira das Missões, a Incubadora Social da UFSM pôde visitar a sede do Movimento Meninos e Meninas de Rua, um dos empreendimentos incubados. O Movimento é uma associação civil, sem fins lucrativos e de caráter educativo cultural, pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes, de acordo com o ECA. Com essa finalidade o empreendimento tem desenvolvido oficinas de reforço escolar voltadas para a recuperação dos alunos mais impactados pelo ensino remoto, bem como prática em artesanato, estamparia, cozinha e corte e costura, visando a geração de renda e valorização da criatividade. Além disso, promove ensaios de danças como capoeira, com os projetos “Mulheres em Movimento” e “Entra na Roda”, música com o “Percussão na Comunidade”, teatro, futebol, etc. O empreendimento desenvolveu também uma biblioteca comunitária, brinquedoteca, horta comunitária e formação em cidadania social. Todas essas atividades são voltadas para aproximadamente 105 crianças e adolescentes, que totalizam 46 famílias afrodescendentes, de pais apenados ou que trabalham como catadores de materiais recicláveis. As pessoas atendidas residem nos bairros de grande vulnerabilidade do município, sendo algumas da zona rural. Assim, o empreendimento busca contribuir para a sociedade de Palmeira das Missões promovendo ações de convivência social, de inserção de crianças e adolescentes e de prevenção ao uso de drogas, ao trabalho infantil e à evasão escolar.

Untitled

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a UFSM, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. Fotógrafo não identificado.

Untitled

2º Fórum Regional Permanente de Extensão em Palmeira das Missões

Fotografia de Wellington Felipe Hack.
Realizado pela Pró-Reitoria de Extensão (PRE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o 2º Fórum Regional Permanente de Extensão em Palmeira das Missões foi realizado no dia 05 de novembro de 2019 e teve como objetivo identificar as demandas consideradas prioritárias pelas comunidades locais e regionais dos municípios onde a UFSM tem presença física: Santa Maria, Cachoeira do Sul, Frederico Westphalen e Palmeira das Missões.

Untitled

Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica de Santa Maria em Palmeira das Missões

Fotografia de Wellington Felipe Hack.
Em 14 de dezembro de 2019 foi realizado em Palmeira das Missões o Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM). A realização do concerto foi uma parceria entre o campus de Palmeira das Missões, a Secretaria de Cultura de Palmeira das Missões e a Pró-Reitoria de Extensão (PRE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Untitled

Results 1 to 50 of 61