Mostrar 1386 resultados

Descrição arquivística
Praça Saldanha Marinho Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Didáticos 5ª Edição – 1ª Sessão

Fotógrafo não identificado.
Primeira Sessão da quinta edição do Concertos Didáticos realizado no Theatro Treze de Maio, sob regência do maestro Ênio Guerra. Esta foi a primeira apresentação aberta ao público geral e não somente ao infantil. A orquestra, através do repertório, apresentou as diferentes sonoridades dos instrumentos aliado aos sons de brinquedos musicais específicos, com intervenção dos atores Camila Borges e Luciano Gabbi da Cia Sacarolhas. Entre as obras estavam a Sinfonia dos Brinquedos de Joseph Haydn e Passeio de trenó de Leopold Mozart, peças essas com efeitos sonoros que imitam um chicote, sinos e animais. Antes do concerto, no hall do Teatro, os trompetistas Ernesto Vanderlei Pereira Junior, André da Silva Chiomento, Wellington Millani Viera e Régis Luciano Gralow tocaram algumas músicas. O projeto é promovido pela UFSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria/Secretaria de Município da Cultura; numa realização da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com a produção da Chili Produções Culturais e o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Os objetivos são aprimorar o ensino e a aprendizagem por meio da arte e da cultura; despertar e/ou aprofundar o gosto pela arte através da música, levar ao público a música erudita e aproximar a Orquestra Sinfônica de Santa Maria da comunidade.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Segunda Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Primeira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Primeira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Primeira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
Apresentação de Gloria Rios no Projeto Pixinguinha no Cine Independência. O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Primeira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
Apresentação de Tânia Alves no Projeto Pixinguinha no Cine Independência. O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Primeira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
Apresentação de Tânia Alves no Projeto Pixinguinha no Cine Independência. O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Primeira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
Apresentação do Grupo Bendengó de Gereba e Capenga no Projeto Pixinguinha no Cine Independência. O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Primeira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
Apresentação do Grupo Bendengó de Gereba e Capenga no Projeto Pixinguinha no Cine Independência. O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Terceira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações Musicais do Projeto Pixinguinha – Terceira Semana

Fotógrafo: Orozimbo Penna
O projeto Pixinguinha foi um evento cultural que difundiu a música popular brasileira em todo país; criado em 1977 pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). Iniciou suas atividades em cinco capitais: Rio de janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Brasília e em 1980 iniciou sua interiorização. A 6ª edição do Projeto Pixinguinha aconteceu em Santa Maria, coordenada pela professora Emília Soares chefe do Departamento de Música e Pró-Reitoria de Extensão da UFSM. Durante sete semanas consecutivas, a partir de 27 de abril, no Cine Independência, todas as terças e quartas feiras, a população santa-mariense pôde assistir apresentações com grandes nomes da música popular brasileira do momento como: Tânia Alvez, Bendegó, Glória Rios, Zezé Gonzaga, Jamelão e Zé Luiz. A sonorização e iluminação foi realizada pela Projesom.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 1386