Showing 109 results

Archival description
Gabinete do Reitor Burmann, Paulo Afonso, 1958/ Bairro Camobi / Santa Maria
Advanced search options
Print preview View:

109 results with digital objects Show results with digital objects

Processo de incubação de empreendimentos sociais

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
Dia 8 de agosto de 2017 iniciou o processo de incubação dos 10 grupos selecionados pela Incubadora Social da UFSM, órgão de apoio vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE). Foram selecionados: na área agroecológica, o Grupo de Agricultores Orgânicos da Região Central do RS, a Associação Comunitária Remanescentes Quilombolas de Júlio Borges e a Associação Quilombola Linha Fão; na área da alimentação, as Marias Bonitas Fazendo História; na construção civil, o grupo Nível 8 – Mulheres na Construção Civil; na produção artística e cultural, Ará Dudu – Coletivo de Arte e Cultura Negra, Corap – Coletivo de Resistência Artística Periférica e a Comunidade de Terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; na produção de artesanato, Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã – grupo das aldeias Kaingang e Guarani Mbya de Santa Maria; e no ramo da coleta e reciclagem de materiais, a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Processo de incubação de empreendimentos sociais

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
Dia 8 de agosto de 2017 iniciou o processo de incubação dos 10 grupos selecionados pela Incubadora Social da UFSM, órgão de apoio vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE). Foram selecionados: na área agroecológica, o Grupo de Agricultores Orgânicos da Região Central do RS, a Associação Comunitária Remanescentes Quilombolas de Júlio Borges e a Associação Quilombola Linha Fão; na área da alimentação, as Marias Bonitas Fazendo História; na construção civil, o grupo Nível 8 – Mulheres na Construção Civil; na produção artística e cultural, Ará Dudu – Coletivo de Arte e Cultura Negra, Corap – Coletivo de Resistência Artística Periférica e a Comunidade de Terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; na produção de artesanato, Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã – grupo das aldeias Kaingang e Guarani Mbya de Santa Maria; e no ramo da coleta e reciclagem de materiais, a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Música Fora da Caixa

Fotografia de Claudio Correa e Oseas.
Música Fora da Caixa é um projeto realizado pelo Quinteto de Metais de Santa Maria, que tem por objetivo levar as músicas de sala de concerto para os demais locais. A primeira apresentação ocorreu dia 7 de agosto de 2017, no Campus da UFSM. O grupo toca música de câmara com instrumentistas de metais de três instituições: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Base Aérea de Santa Maria (BASM) e 3ª Divisão do Exército (3ª DE).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Música Fora da Caixa

Fotografia de Claudio Correa e Oseas.
Música Fora da Caixa é um projeto realizado pelo Quinteto de Metais de Santa Maria, que tem por objetivo levar as músicas de sala de concerto para os demais locais. A primeira apresentação ocorreu dia 7 de agosto de 2017, no Campus da UFSM. O grupo toca música de câmara com instrumentistas de metais de três instituições: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Base Aérea de Santa Maria (BASM) e 3ª Divisão do Exército (3ª DE).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Dia da Calourada em recepção aos novos alunos do Centro de Ciências da Saúde da UFSM

Fotografia de Sendi Chiapinotto Spiazzi.
O evento de recepção contou com diversas atrações, foram elas: a apresentação musical da aluna Isabela Kuplich do Curso de Comunicação Social da UFSM e de Vitor Etchepare Vieira, a apresentação do professor de Zumba, Francis Vinicius de Oliveira Schirmer, a gincana entre as turmas, que terá como prêmio a Fuel Entretenimento em uma de suas festas de curso, e a distribuição de drinques não alcoólicos promovidos pela Fuel. Por fim, após a competição, o curso de Medicina apresentou sua Bateria Tirana. O evento teve o apoio, também, da Gustavo Fotos Formaturas, e o patrocínio da escola de idiomas Wizard e do Aplicativo Sniffer. O Centro de Ciências da Saúde possui sete cursos de graduação, mas apenas seis abriram novas turmas no segundo semestre letivo do ano de 2017. Foram eles: Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Odontologia e Terapia Ocupacional. Já a Fonoaudiologia só recebe novos alunos no início do ano.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Descerramento do Letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa Pista Multiuso – Fase 1

Fotografia de Mariana Flores.
O descerramento do letreiro “Cidade Universitária Prof. José Mariano da Rocha Filho” e da placa da Pista Multiuso – Fase 1 ocorreu dia 15 de dezembro de 2017, às 10h, no arco da UFSM Campus Sede. Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem, prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Inauguração da Casa do Estudante Universitário II – Prédio 37/Bloco 61

Fotografia de Marionaldo da Costa Ferreira.
Cerimônia de inauguração do bloco 61 do prédio 37, Casa do Estudante Universitário II. Após a cerimônia foi realizada a visita do reitor e dos demais participantes aos onze apartamentos, cada um possui quatro quartos, os quais foram sorteados entre os estudantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Inauguração da Casa do Estudante Universitário II – Prédio 37/Bloco 61

Fotografia de Marionaldo da Costa Ferreira.
Cerimônia de inauguração do bloco 61 do prédio 37, Casa do Estudante Universitário II. Após a cerimônia foi realizada a visita do reitor e dos demais participantes aos onze apartamentos, cada um possui quatro quartos, os quais foram sorteados entre os estudantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Inauguração da Casa do Estudante Universitário II – Prédio 37/Bloco 61

Fotografia de Marionaldo da Costa Ferreira.
Cerimônia de inauguração do bloco 61 do prédio 37, Casa do Estudante Universitário II. Após a cerimônia foi realizada a visita do reitor e dos demais participantes aos onze apartamentos, cada um possui quatro quartos, os quais foram sorteados entre os estudantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Fórum Regional Permanente de Extensão

Fotografia de Flavi Ferreira Lisboa Filho.
O Fórum Regional Permanente de Extensão foi realizado em Santa Maria, dia 12 de dezembro de 2017 e ocorreu no Auditório Wilson Aita, localizado no anexo C do Centro de Tecnologia (CT) – prédio 7 do campus sede da UFSM. O evento teve como tema central a expansão da atuação da UFSM junto à comunidade regional, por meio de ações e projetos de extensão e na segunda parte do fórum, teve uma mesa-redonda que discutiu a inserção da extensão na graduação. A realização do Fórum de Extensão integrou a programação de aniversário da UFSM e marcou o encerramento das atividades desenvolvidas ao longo do ano. Criado em 2016 com o objetivo de constituir-se como um espaço de reflexão e deliberação sobre os projetos e programas de extensão universitária da UFSM, e visando a uma aproximação cada vez maior da sociedade com a universidade, o fórum começou a ser implantado em 2017 com a realização de edições regionais, junto aos municípios que sediam campi da UFSM.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência pública sobre situação orçamentária da UFSM

Fotografia de Mariana Flores.
Dia 15 de setembro de 2017 foi realizada uma audiência pública que teve como objetivo expor a situação orçamentária da instituição. O orçamento da UFSM é composto por três grandes rubricas: pessoal, custeio e capital. O reitor, professor Paulo Afonso Burmann, apresentou dados acerca do orçamento e dos contingenciamentos impostos pelo governo federal nos últimos quatro anos. Em seguida, foi aberto espaço para manifestações e questionamentos por parte do público presente. Enquanto a administração dos recursos de pessoal, destinados à folha de pagamento dos servidores da instituição, é de responsabilidade do Ministério do Planejamento, os dois outros recursos estão sob gerência direta da universidade. E são sobre estas duas rubricas que os cortes e contingenciamentos vêm incidindo com maior intensidade nos últimos quatro anos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência pública sobre situação orçamentária da UFSM

Fotografia de Mariana Flores.
Dia 15 de setembro de 2017 foi realizada uma audiência pública que teve como objetivo expor a situação orçamentária da instituição. O orçamento da UFSM é composto por três grandes rubricas: pessoal, custeio e capital. O reitor, professor Paulo Afonso Burmann, apresentou dados acerca do orçamento e dos contingenciamentos impostos pelo governo federal nos últimos quatro anos. Em seguida, foi aberto espaço para manifestações e questionamentos por parte do público presente. Enquanto a administração dos recursos de pessoal, destinados à folha de pagamento dos servidores da instituição, é de responsabilidade do Ministério do Planejamento, os dois outros recursos estão sob gerência direta da universidade. E são sobre estas duas rubricas que os cortes e contingenciamentos vêm incidindo com maior intensidade nos últimos quatro anos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência pública sobre situação orçamentária da UFSM

Fotografia de Mariana Flores.
Dia 15 de setembro de 2017 foi realizada uma audiência pública que teve como objetivo expor a situação orçamentária da instituição. O orçamento da UFSM é composto por três grandes rubricas: pessoal, custeio e capital. O reitor, professor Paulo Afonso Burmann, apresentou dados acerca do orçamento e dos contingenciamentos impostos pelo governo federal nos últimos quatro anos. Em seguida, foi aberto espaço para manifestações e questionamentos por parte do público presente. Enquanto a administração dos recursos de pessoal, destinados à folha de pagamento dos servidores da instituição, é de responsabilidade do Ministério do Planejamento, os dois outros recursos estão sob gerência direta da universidade. E são sobre estas duas rubricas que os cortes e contingenciamentos vêm incidindo com maior intensidade nos últimos quatro anos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência pública sobre situação orçamentária da UFSM

Fotografia de Mariana Flores.
Dia 15 de setembro de 2017 foi realizada uma audiência pública que teve como objetivo expor a situação orçamentária da instituição. O orçamento da UFSM é composto por três grandes rubricas: pessoal, custeio e capital. O reitor, professor Paulo Afonso Burmann, apresentou dados acerca do orçamento e dos contingenciamentos impostos pelo governo federal nos últimos quatro anos. Em seguida, foi aberto espaço para manifestações e questionamentos por parte do público presente. Enquanto a administração dos recursos de pessoal, destinados à folha de pagamento dos servidores da instituição, é de responsabilidade do Ministério do Planejamento, os dois outros recursos estão sob gerência direta da universidade. E são sobre estas duas rubricas que os cortes e contingenciamentos vêm incidindo com maior intensidade nos últimos quatro anos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência pública sobre situação orçamentária da UFSM

Fotografia de Mariana Flores.
Dia 15 de setembro de 2017 foi realizada uma audiência pública que teve como objetivo expor a situação orçamentária da instituição. O orçamento da UFSM é composto por três grandes rubricas: pessoal, custeio e capital. O reitor, professor Paulo Afonso Burmann, apresentou dados acerca do orçamento e dos contingenciamentos impostos pelo governo federal nos últimos quatro anos. Em seguida, foi aberto espaço para manifestações e questionamentos por parte do público presente. Enquanto a administração dos recursos de pessoal, destinados à folha de pagamento dos servidores da instituição, é de responsabilidade do Ministério do Planejamento, os dois outros recursos estão sob gerência direta da universidade. E são sobre estas duas rubricas que os cortes e contingenciamentos vêm incidindo com maior intensidade nos últimos quatro anos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Audiência pública sobre situação orçamentária da UFSM

Fotografia de Mariana Flores.
Dia 15 de setembro de 2017 foi realizada uma audiência pública que teve como objetivo expor a situação orçamentária da instituição. O orçamento da UFSM é composto por três grandes rubricas: pessoal, custeio e capital. O reitor, professor Paulo Afonso Burmann, apresentou dados acerca do orçamento e dos contingenciamentos impostos pelo governo federal nos últimos quatro anos. Em seguida, foi aberto espaço para manifestações e questionamentos por parte do público presente. Enquanto a administração dos recursos de pessoal, destinados à folha de pagamento dos servidores da instituição, é de responsabilidade do Ministério do Planejamento, os dois outros recursos estão sob gerência direta da universidade. E são sobre estas duas rubricas que os cortes e contingenciamentos vêm incidindo com maior intensidade nos últimos quatro anos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Projeto de Centros Vocacionais de Tecnologia

Fotografia de Danusa Frazzon da Cunha.
O projeto de construção de um polo de formação técnico e profissional é uma parceria entre o Colégio Técnico Industrial de Santa Maria (CTISM) e o Colégio Politécnico. Os destinos dos centros são: um foi instalado na Região Oeste de Santa Maria, no Tecnoparque, e outro na Quarta Colônia, em Silveira Martins. Os Centros Vocacionais de Tecnologia (CVTs) foram planejados visando à parceria entre os dois colégios. Tanto o Politécnico quanto o CTISM atuam nos dois locais de instalação. Cada um trabalha com a área de maior afinidade, sendo o primeiro mais voltado a cursos da área da saúde e o segundo prioriza a parte industrial. A administração do centro também é compartilhada. O projeto foi um dos poucos a ser aprovado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações no país, nesta demanda.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abraço à UFSM

Abraço simbólico realizado na UFSM, que teve como objetivo chamar a atenção para a situação orçamentária das universidades públicas, bem como defender a importância do ensino superior público e de qualidade. O ato marcou o engajamento da UFSM no “Dia D”, iniciativa articulada pela Frente Gaúcha em Defesa das Universidades e Institutos Federais e realizada em várias outras IESs do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abraço à UFSM

Abraço simbólico realizado na UFSM, que teve como objetivo chamar a atenção para a situação orçamentária das universidades públicas, bem como defender a importância do ensino superior público e de qualidade. O ato marcou o engajamento da UFSM no “Dia D”, iniciativa articulada pela Frente Gaúcha em Defesa das Universidades e Institutos Federais e realizada em várias outras IESs do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abraço à UFSM

Abraço simbólico realizado na UFSM, que teve como objetivo chamar a atenção para a situação orçamentária das universidades públicas, bem como defender a importância do ensino superior público e de qualidade. O ato marcou o engajamento da UFSM no “Dia D”, iniciativa articulada pela Frente Gaúcha em Defesa das Universidades e Institutos Federais e realizada em várias outras IESs do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abraço à UFSM

Abraço simbólico realizado na UFSM, que teve como objetivo chamar a atenção para a situação orçamentária das universidades públicas, bem como defender a importância do ensino superior público e de qualidade. O ato marcou o engajamento da UFSM no “Dia D”, iniciativa articulada pela Frente Gaúcha em Defesa das Universidades e Institutos Federais e realizada em várias outras IESs do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abraço à UFSM

Abraço simbólico realizado na UFSM, que teve como objetivo chamar a atenção para a situação orçamentária das universidades públicas, bem como defender a importância do ensino superior público e de qualidade. O ato marcou o engajamento da UFSM no “Dia D”, iniciativa articulada pela Frente Gaúcha em Defesa das Universidades e Institutos Federais e realizada em várias outras IESs do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abertura da 32ª Jornada Acadêmica Integrada

Fotografia de Sérgio Marques.
Entre os dias 23 e 27 de outubro, foi realizada a 32ª edição da Jornada Acadêmica Integrada (JAI). A cerimônia de abertura ocorreu dia 23 de outubro de 2017 às 9h, no auditório do Centro de Convenções da UFSM, com a palestra ” Restrições à Inovação no Brasil” ministrada pelo professor Fernando Otávio de Freitas Peregrino. Também ocorreu a entrega dos prêmios Pesquisador Destaque UFSM 2017 para a professora Cristina Wayne Nogueira e Professor Destaque UFSM 2017 para professora Juliana Petermann, conquistado pelo projeto de sua autoria “50/50 – Igualdade de gênero no ensino e no mercado publicitário”. A programação do evento, além de apresentações de trabalhos em pôster/oral, também contou com intervenções artísticas dos cursos de Música da UFSM e outras atividades propostas pelas unidades de ensino sob a forma de Eventos Satélites.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abertura da 32ª Jornada Acadêmica Integrada

Fotografia de Sérgio Marques.
Entre os dias 23 e 27 de outubro, foi realizada a 32ª edição da Jornada Acadêmica Integrada (JAI). A cerimônia de abertura ocorreu dia 23 de outubro de 2017 às 9h, no auditório do Centro de Convenções da UFSM, com a palestra ” Restrições à Inovação no Brasil” ministrada pelo professor Fernando Otávio de Freitas Peregrino. Também ocorreu a entrega dos prêmios Pesquisador Destaque UFSM 2017 para a professora Cristina Wayne Nogueira e Professor Destaque UFSM 2017 para professora Juliana Petermann, conquistado pelo projeto de sua autoria “50/50 – Igualdade de gênero no ensino e no mercado publicitário”. A programação do evento, além de apresentações de trabalhos em pôster/oral, também contou com intervenções artísticas dos cursos de Música da UFSM e outras atividades propostas pelas unidades de ensino sob a forma de Eventos Satélites.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abertura da 32ª Jornada Acadêmica Integrada

Fotografia de Sérgio Marques.
Entre os dias 23 e 27 de outubro, foi realizada a 32ª edição da Jornada Acadêmica Integrada (JAI). A cerimônia de abertura ocorreu dia 23 de outubro de 2017 às 9h, no auditório do Centro de Convenções da UFSM, com a palestra ” Restrições à Inovação no Brasil” ministrada pelo professor Fernando Otávio de Freitas Peregrino. Também ocorreu a entrega dos prêmios Pesquisador Destaque UFSM 2017 para a professora Cristina Wayne Nogueira e Professor Destaque UFSM 2017 para professora Juliana Petermann, conquistado pelo projeto de sua autoria “50/50 – Igualdade de gênero no ensino e no mercado publicitário”. A programação do evento, além de apresentações de trabalhos em pôster/oral, também contou com intervenções artísticas dos cursos de Música da UFSM e outras atividades propostas pelas unidades de ensino sob a forma de Eventos Satélites.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abertura da 32ª Jornada Acadêmica Integrada

Fotografia de Sérgio Marques.
Entre os dias 23 e 27 de outubro, foi realizada a 32ª edição da Jornada Acadêmica Integrada (JAI). A cerimônia de abertura ocorreu dia 23 de outubro de 2017 às 9h, no auditório do Centro de Convenções da UFSM, com a palestra ” Restrições à Inovação no Brasil” ministrada pelo professor Fernando Otávio de Freitas Peregrino. Também ocorreu a entrega dos prêmios Pesquisador Destaque UFSM 2017 para a professora Cristina Wayne Nogueira e Professor Destaque UFSM 2017 para professora Juliana Petermann, conquistado pelo projeto de sua autoria “50/50 – Igualdade de gênero no ensino e no mercado publicitário”. A programação do evento, além de apresentações de trabalhos em pôster/oral, também contou com intervenções artísticas dos cursos de Música da UFSM e outras atividades propostas pelas unidades de ensino sob a forma de Eventos Satélites.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Espaço Alternativo no hall da Administração Central da UFSM

Fotografia de Flavi Ferreira Lisboa.
O Espaço Alternativo é um projeto que teve início em 2002 e foi implementado em 2003, tem como objetivo a interação entre os servidores e permitir que atinjam uma melhor qualidade de vida no trabalho. A ideia é que as sugestões de temas e atividades sejam construídas pelos próprios participantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Espaço Alternativo no hall da Administração Central da UFSM

Fotografia de Flavi Ferreira Lisboa.
O Espaço Alternativo é um projeto que teve início em 2002 e foi implementado em 2003, tem como objetivo a interação entre os servidores e permitir que atinjam uma melhor qualidade de vida no trabalho. A ideia é que as sugestões de temas e atividades sejam construídas pelos próprios participantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Espaço Alternativo no hall da Administração Central da UFSM

Fotografia de Flavi Ferreira Lisboa.
O Espaço Alternativo é um projeto que teve início em 2002 e foi implementado em 2003, tem como objetivo a interação entre os servidores e permitir que atinjam uma melhor qualidade de vida no trabalho. A ideia é que as sugestões de temas e atividades sejam construídas pelos próprios participantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Results 51 to 100 of 109