Mostrar 1050 resultados

Descrição arquivística
Sartor, João Batista Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

Entrevistas do Documentário Memórias de Uma Sinfônica

Fotografo não identificado.
Making of do Documentário “Memórias de Uma Sinfônica”, um filme escrito e dirigido por Dilber Alonso e produção executiva de DB Produções; com participação de Suzete Gassen da Silveira, assessora artística da OSSM; e gravado em Santa Maria no ano de 2021 (período da pandemia de Covid-19). Dividido em cinco capítulos, o documentário é uma peça criada a partir das entrevistas estruturadas, tendo como base um roteiro onde são documentadas as memórias de maestros, músicos e outras personalidades. Foi patrocinado pelo edital Criação e Formação –Diversidade das Culturas, com recursos da Lei Aldir Blanc, da parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) e a Fundação Marcopolo.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 1050