Mostrar 1050 resultados

Descrição arquivística
Sartor, João Batista
Previsualizar a impressão Ver:

1050 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Entrevistas do Documentário Memórias de Uma Sinfônica

Fotografo não identificado.
Making of do Documentário “Memórias de Uma Sinfônica”, um filme escrito e dirigido por Dilber Alonso e produção executiva de DB Produções; com participação de Suzete Gassen da Silveira, assessora artística da OSSM; e gravado em Santa Maria no ano de 2021 (período da pandemia de Covid-19). Dividido em cinco capítulos, o documentário é uma peça criada a partir das entrevistas estruturadas, tendo como base um roteiro onde são documentadas as memórias de maestros, músicos e outras personalidades. Foi patrocinado pelo edital Criação e Formação –Diversidade das Culturas, com recursos da Lei Aldir Blanc, da parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) e a Fundação Marcopolo.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Concertos Sinfônicos Beatles Everywhere

Fotografia de Ronald Mendes.
O espetáculo Concertos Sinfônicos: Beatles Everywhere foi uma parceria entre a Orquestra Sinfônica de Santa Maria (OSSM) e o Magical Mystery Band, sob a regência do maestro João Batista Sartor e contando com a participação especial dos solistas cantores Juliana Pires e Matheus Lopes. No repertório estiveram obras dos Beatles que marcaram e ultrapassaram gerações como Here, There and Everywhere, Yellow Submarine e Eleanor Rigby, seguidas de sucessos individuais de cada um dos integrantes após o término da banda. Diversas temáticas foram abordadas - liberdade de expressão, transgressão de convenções sociais, espiritualidade, paz e amor de forma universal as quais foram representadas pelas apresentações dos bailarinos Alice Duarte, Robson da Cruz, Ana Júlia Nunes e Henrique Neumann do Ballet Ivone Freire vinculados ao Projeto Dançando para Educar. Além disso, o espetáculo integrou o programa de aniversário de 63 anos da UFSM, com entrada franca e distribuição gratuita dos ingressos. A promoção do espetáculo foi realizada pela Pró-Reitoria de Extensão em conjunto com a Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (ACOSSM) e a produção executiva foi da Agência Chili - uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Orquestra Sinfônica de Santa Maria Apresenta Concerto 60 anos do CAL

Fotografia de Dartanhan Baldez Figueiredo.
O concerto especial alusivo aos 60 anos do Centro de Artes e Letras e do Curso de Música da Universidade Federal de Santa Maria foi realizado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, Pró-Reitoria de Extensão e Associação da Orquestra Sinfônica de Santa Maria. Os ingressos puderam ser retirados gratuitamente no Centro de Convenções, bem como no Theatro Treze de Maio e na papelaria Rótula, em Camobi. Solicitou-se ao público, na entrada do concerto, a doação de 1 kg de alimento não perecível. O programa contou com a participação do Grupo de Percussão da UFSM, que completou 40 anos em 2023 sob regência de Ney Rosauro; o concerto para Clarinete, de Aaron Copland, tendo como solista o egresso do Curso de Bacharelado em Clarinete, Hélio Xavier Guimarães Valentim e o professor de clarinete no Conservatório de Lima Josafat Roel Pineda; árias de Mozart com solos do professor do Departamento de Música e cantor barítono, Roberto Henrique de Oliveira e, para finalizar, a Sinfonia 40 do mesmo compositor. Projesom Sonorizações, sob coordenação de Paulo Coser, realizou a sonorização e iluminação do evento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 1050