Mostrar 588 resultados

Descrição arquivística
Pró-Reitoria de Administração (PRA) Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
A Fundação Dorina Nowill para Cegos realizou o II Encontro Nacional da Rede de Leitura Inclusiva, com o tema “Ler, incluir e transformar!”, no período de 07 a 09 de agosto de 2019 na cidade de São Paulo/SP, com a presença de aproximadamente 100 representantes dos Grupos de Trabalho atuantes em todo Brasil. O evento fez parte das ações comemorativas do Centenário de Dona Dorina Gouveia de Nowill e reuniu os parceiros da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, projeto que fomenta a disseminação da leitura inclusiva e acessível em território nacional. A programação do evento contou com oficinas formativas, rodas de diálogo, apresentação de painéis de experiências inclusivas, com destaque para o lançamento da Pesquisa Nacional sobre Leitura Acessível. A arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, participou, como representante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No dia nove, no painel denominado Gente Que Escreve Pra Gente Que Adora Ler aconteceu um bate papo com o escritor Lázaro Ramos sobre seu livro Na Minha Pele, o qual será publicado em Braille pela Fundação Dorina. De Santa Maria participaram outros representantes do GT Centro RS de Leitura Inclusiva: Maria Esther Gomes de Souza, pela 8° Coordenadoria Regional de Educação do Rio Grande do Sul; Patrícia Farias Fantinel Trevisan e Alana Claudia Mohr pela Coordenadoria de Educação Especial da Secretaria de Município da Educação de Santa Maria.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

4º Seminário Aprendizagem no Ensino Superior, Acessibilidade e Ações Afirmativas

Fotografia de Tatiane Negrini.
O 4º Seminário Aprendizagem no Ensino Superior, Acessibilidade e Ações Afirmativas ocorreu nos dias 23 e 24 de meio de 2019 e foi promovido pela Coordenadoria de Ações Educacionais e Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O Departamento de Arquivo Geral (DAG) foi representado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, a qual prestigiou as apresentações das comunicações de colegas da Comissão de Audiodescrição (CAD): Cíntia Pasa Lopes, bolsista do Núcleo de Acessibilidade da CAED e audiodescritora roteirista da CAD, com o tema Audiodescrição: Recurso de Acessibilidade e Desenvolvimento Científico, em co-autoria com Vitória Parodes Rodrigues e Cristian Evandro Sehnem; e de Rúbia Steffens, audiodescritora revisora da CAD, com o tema Ensino de Lógica de Programação para Cegos em co-autoria com Cristiano Bertolini, Sidnei Renato Silveira e Nara Martini Bigolin.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

4º Seminário Aprendizagem no Ensino Superior, Acessibilidade e Ações Afirmativas

Fotografia de Tatiane Negrini.
O 4º Seminário Aprendizagem no Ensino Superior, Acessibilidade e Ações Afirmativas ocorreu nos dias 23 e 24 de meio de 2019 e foi promovido pela Coordenadoria de Ações Educacionais e Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O Departamento de Arquivo Geral (DAG) foi representado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, a qual prestigiou as apresentações das comunicações de colegas da Comissão de Audiodescrição (CAD): Cíntia Pasa Lopes, bolsista do Núcleo de Acessibilidade da CAED e audiodescritora roteirista da CAD, com o tema Audiodescrição: Recurso de Acessibilidade e Desenvolvimento Científico, em co-autoria com Vitória Parodes Rodrigues e Cristian Evandro Sehnem; e de Rúbia Steffens, audiodescritora revisora da CAD, com o tema Ensino de Lógica de Programação para Cegos em co-autoria com Cristiano Bertolini, Sidnei Renato Silveira e Nara Martini Bigolin.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Acadêmicos monitores da 3ª Semana Nacional de Arquivos

Âmbito e conteúdo: Acadêmicos dos Cursos de Graduação em Arquivologia, Desenho Industrial, Letras e Jornalismo que atuaram como monitores nos eventos realizados pelo Departamento de Arquivo Geral da UFSM na 3ª Semana Nacional de Arquivos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Acadêmicos monitores da 3ª Semana Nacional de Arquivos

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
Âmbito e conteúdo: Acadêmicos dos Cursos de Graduação em Arquivologia, Desenho Industrial, Letras e Jornalismo que atuaram como monitores nos eventos realizados pelo Departamento de Arquivo Geral da UFSM na 3ª Semana Nacional de Arquivos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações do Departamento de Arquivo Geral no 3º Compartilhando Saberes

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
Em 2019 o Departamento de Arquivo Geral (DAG) esteve representado no 3º Compartilhando Saberes da UFSM, no dia 22 de outubro, com duas apresentações orais. A primeira “Educação Patrimonial e Releitura de Fotografias: Oficina Desenhando Arquivos” foi apresentada na área Ciências Humanas – Educação por Carina Batista Bohnert, jornalista do Colégio Metodista Centenário e Mestranda em Patrimônio Cultural em co-autoria com Cristina Strohschoen dos Santos, arquivista DAG e Cirlene Maier Ereno, professora de Artes do Colégio Metodista Centenário. A segunda “Evocando Memórias na Pista Multiuso da UFSM: 16 Pontos de História” foi apresentada na área Ciências Humanas – História, por Cristina Strohschoen dos Santos em co-autoria com Kátia Suelem Moreira, acadêmica Letras – Lic. – Hab. Espanhol e Literaturas Língua Espanhola e Marcos Machado Paulo, acadêmico Arquivologia. Ambas integrantes da programação do DAG na 3ª Semana Nacional de Arquivos. O Compartilhando Saberes é um evento anual que objetiva compartilhar conhecimentos e práticas pedagógicas, por meio de relatos de experiência, tanto de professores, acadêmicos e pesquisadores das Instituições de Ensino Superior quanto de outras Instituições de Ensino em âmbito local, regional, nacional e internacional, promovido pela Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), Centro de Ciências Rurais (CCR) e Curso de Licenciatura em Educação do Campo da UFSM.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentações do Departamento de Arquivo Geral no 3º Compartilhando Saberes

Em 2019 o Departamento de Arquivo Geral (DAG) esteve representado no 3º Compartilhando Saberes da UFSM, no dia 22 de outubro, com duas apresentações orais. A primeira “Educação Patrimonial e Releitura de Fotografias: Oficina Desenhando Arquivos” foi apresentada na área Ciências Humanas – Educação por Carina Batista Bohnert, jornalista do Colégio Metodista Centenário e Mestranda em Patrimônio Cultural em co-autoria com Cristina Strohschoen dos Santos, arquivista DAG e Cirlene Maier Ereno, professora de Artes do Colégio Metodista Centenário. A segunda “Evocando Memórias na Pista Multiuso da UFSM: 16 Pontos de História” foi apresentada na área Ciências Humanas – História, por Cristina Strohschoen dos Santos em co-autoria com Kátia Suelem Moreira, acadêmica Letras – Lic. – Hab. Espanhol e Literaturas Língua Espanhola e Marcos Machado Paulo, acadêmico Arquivologia. Ambas integrantes da programação do DAG na 3ª Semana Nacional de Arquivos. O Compartilhando Saberes é um evento anual que objetiva compartilhar conhecimentos e práticas pedagógicas, por meio de relatos de experiência, tanto de professores, acadêmicos e pesquisadores das Instituições de Ensino Superior quanto de outras Instituições de Ensino em âmbito local, regional, nacional e internacional, promovido pela Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), Centro de Ciências Rurais (CCR) e Curso de Licenciatura em Educação do Campo da UFSM.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

O evento Aquece Inclusivo foi realizado como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Antes do Aquece foi realizada uma reunião na Associação de Cegos e Deficientes Visuais (ACDV sobre leitura inclusiva. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

O evento Aquece Inclusivo foi realizado na Biblioteca Pública Municipal Henrique Bastide como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva. Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O evento Aquece Inclusivo foi realizado como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Antes do Aquece foi realizada uma reunião na Associação de Cegos e Deficientes Visuais (ACDV sobre leitura inclusiva. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

O evento Aquece Inclusivo foi realizado na Biblioteca Pública Municipal Henrique Bastide como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva. Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O evento Aquece Inclusivo foi realizado na Biblioteca Pública Municipal Henrique Bastide como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva. Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O evento Aquece Inclusivo foi realizado como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Antes do Aquece foi realizada uma reunião na Associação de Cegos e Deficientes Visuais (ACDV sobre leitura inclusiva. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O evento Aquece Inclusivo foi realizado como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Antes do Aquece foi realizada uma reunião na Associação de Cegos e Deficientes Visuais (ACDV sobre leitura inclusiva. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O evento Aquece Inclusivo foi realizado como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Antes do Aquece foi realizada uma reunião na Associação de Cegos e Deficientes Visuais (ACDV sobre leitura inclusiva. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O evento Aquece Inclusivo foi realizado como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Antes do Aquece foi realizada uma reunião na Associação de Cegos e Deficientes Visuais (ACDV sobre leitura inclusiva. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O evento Aquece Inclusivo foi realizado na Biblioteca Pública Municipal Henrique Bastide como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva. Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Aquece Inclusivo para a 46º Feira do Livro de Santa Maria

O evento Aquece Inclusivo foi realizado na Biblioteca Pública Municipal Henrique Bastide como parte da programação de leitura inclusiva da 46ª Feira do Livro de Santa Maria, promovido pelo GT Centro/RS de Leitura Inclusiva. Inclusiva com a participação de Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo. Cristian Evandro Sehnem do Núcleo de Acessibilidade e Cristina Strohschoen dos Santos do Departamento de Arquivo Geral são os representantes da UFSM na Rede de Leitura Inclusiva.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Comemoração de 4 anos do Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria

Fotografia de Daiane Regina Segabinzazzi Pradebon.
Em 05 de julho de 2019 foi realizada uma confraternização entre os participantes Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria: Difusão e Acessibilidade para comemorar seus quatro anos de atividades. O projeto foi criado para promover a difusão da memória fotográfica institucional com o objetivo de consolidar a importância do arquivo fotográfico da UFSM para a história da cidade de Santa Maria. Durante todo período manteve postagens semanais (às terças-feiras) no link do projeto – ufsm.br/dag/projetoretalhos, foi enviado para uma mailing list e publicado na Seção Memória no Jornal Diário de Santa Maria. Coordenado pela arquivista Cristina Strohschoen dos Santos, acadêmicos de cursos de graduação da UFSM selecionaram imagens do acervo e produziram artigos pesquisando em fontes documentais primárias do acervo histórico da UFSM custodiado pela Divisão de Arquivo Permanente do DAG/UFSM. Além disso, foram produzidos recursos de acessibilidade em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais da UFSM: audiodescrição das fotografias e tradução dos artigos para libras com edição dos vídeos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 588