Previsualizar a impressão Fechar

Mostrar 92 resultados

Descrição arquivística
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil) Exposições
Opções de pesquisa avançada
Previsualizar a impressão Ver:

92 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Exposição “Artes Visuais, Pesquisas e Sensibilidades”

Fotografia de Mariana Flores.
A exposição ocorreu de 29 de maio a 30 de junho de 2017, realizada com o objetivo de divulgar a comunidade acadêmica e externa o que tem se produzido no curso de Artes Visuais da UFSM e de dialogar com as expectativas locais e globais. A exposição contou com 24 obras assinadas por 21 artistas, entre eles docentes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM. Também estiveram na mostra trabalhos de discentes e egressos da Universidade que receberam prêmios ou menções em eventos específicos – obras que integraram o acervo do Museu de Arte de Santa Maria (Masm).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

18ª Expodireto Cotrijal

Fotografia de Mirian Redin de Quadros.
A 18ª edição da feira aconteceu entre os dias 6 e 10 de março de 2017, em Não-Me-Toque. A Expodireto Cotrijal é uma das maiores vitrines do agronegócio brasileiro. Reúne em um só local as maiores empresas nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisa, apresentando lançamentos e tecnologias para propriedades. Nesta edição, foram apresentados os projetos de extensão Aquarius, um dos pioneiros na área de agricultura de precisão, e o CR Campeiro, que disponibiliza um software que ajuda no gerenciamento rural. O Laboratório de Agricultura de Precisão (LAP) do campus de Frederico Westphalen também esteve presente, reunindo produtos e serviços nas áreas de máquinas e equipamentos para agropecuária, produção vegetal e animal e serviços, além de pesquisas. Dia 8 ocorreu o lançamento do livro do projeto Aquarius e dia 10 foi transmitido o programa Campus da Gente da Rádio Universidade 800 AM. Neste ano, foram cerca de 500 expositores e delegações de 70 países visitantes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 92