Showing 140 results

Archival description
Pró-Reitoria de Extensão (PRE) Atividades administrativas e profissionais
Print preview View:

140 results with digital objects Show results with digital objects

Encontro de Abertura da Pré-Incubação da Incubadora Social

O Encontro de Abertura da Pré-Incubação reuniu o Colegiado Gestor da Incubadora Social da UFSM e os dez grupos selecionados para iniciar o período de pré-incubação. Um dos momentos mais importantes, no turno da manhã, foi a socialização dos grupos, que apresentaram seus produtos e atividades desenvolvidas em suas comunidades. Esse momento possibilitou que os grupos compartilhassem experiências e discutissem desafios a serem enfrentados para efetivar o processo de incubação. Na parte da tarde, os grupos apresentaram suas dúvidas e receberam orientação sobre o processo de pré-incubação. Por fim, organizou-se juntamente com os grupos um calendário de visitas às comunidades que serão realizadas pelo Colegiado Gestor ainda no mês de maio. Grupos pré-incubados: ARÁ DUDU – Coletivo de arte e cultura negra; Associação Comunitária Remanescentes quilombolas e de Júlio Borges; Associação de catadores de materiais recicláveis Palmeira Verde; Associação quilombola Linha Fão; Coletivo de resistência artística periférica- CORAP; Comunidade de terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; Grupo de agricultores orgânicos da região central- RS; Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã; Marias Bonitas fazendo história; NÍVEL 8**- Mulheres na construção Civil.
Fonte pesquisada: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/392-encontro-de-abertura-da-pre-incubacao-da-incubadora-so

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Encontro de Abertura da Pré-Incubação da Incubadora Social

O Encontro de Abertura da Pré-Incubação reuniu o Colegiado Gestor da Incubadora Social da UFSM e os dez grupos selecionados para iniciar o período de pré-incubação. Um dos momentos mais importantes, no turno da manhã, foi a socialização dos grupos, que apresentaram seus produtos e atividades desenvolvidas em suas comunidades. Esse momento possibilitou que os grupos compartilhassem experiências e discutissem desafios a serem enfrentados para efetivar o processo de incubação. Na parte da tarde, os grupos apresentaram suas dúvidas e receberam orientação sobre o processo de pré-incubação. Por fim, organizou-se juntamente com os grupos um calendário de visitas às comunidades que serão realizadas pelo Colegiado Gestor ainda no mês de maio. Grupos pré-incubados: ARÁ DUDU – Coletivo de arte e cultura negra; Associação Comunitária Remanescentes quilombolas e de Júlio Borges; Associação de catadores de materiais recicláveis Palmeira Verde; Associação quilombola Linha Fão; Coletivo de resistência artística periférica- CORAP; Comunidade de terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; Grupo de agricultores orgânicos da região central- RS; Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã; Marias Bonitas fazendo história; NÍVEL 8**- Mulheres na construção Civil.
Fonte pesquisada: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/392-encontro-de-abertura-da-pre-incubacao-da-incubadora-so

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Encontro de Abertura da Pré-Incubação da Incubadora Social

O Encontro de Abertura da Pré-Incubação reuniu o Colegiado Gestor da Incubadora Social da UFSM e os dez grupos selecionados para iniciar o período de pré-incubação. Um dos momentos mais importantes, no turno da manhã, foi a socialização dos grupos, que apresentaram seus produtos e atividades desenvolvidas em suas comunidades. Esse momento possibilitou que os grupos compartilhassem experiências e discutissem desafios a serem enfrentados para efetivar o processo de incubação. Na parte da tarde, os grupos apresentaram suas dúvidas e receberam orientação sobre o processo de pré-incubação. Por fim, organizou-se juntamente com os grupos um calendário de visitas às comunidades que serão realizadas pelo Colegiado Gestor ainda no mês de maio. Grupos pré-incubados: ARÁ DUDU – Coletivo de arte e cultura negra; Associação Comunitária Remanescentes quilombolas e de Júlio Borges; Associação de catadores de materiais recicláveis Palmeira Verde; Associação quilombola Linha Fão; Coletivo de resistência artística periférica- CORAP; Comunidade de terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; Grupo de agricultores orgânicos da região central- RS; Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã; Marias Bonitas fazendo história; NÍVEL 8**- Mulheres na construção Civil.
Fonte pesquisada: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/392-encontro-de-abertura-da-pre-incubacao-da-incubadora-so

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Encontro de Abertura da Pré-Incubação da Incubadora Social

O Encontro de Abertura da Pré-Incubação reuniu o Colegiado Gestor da Incubadora Social da UFSM e os dez grupos selecionados para iniciar o período de pré-incubação. Um dos momentos mais importantes, no turno da manhã, foi a socialização dos grupos, que apresentaram seus produtos e atividades desenvolvidas em suas comunidades. Esse momento possibilitou que os grupos compartilhassem experiências e discutissem desafios a serem enfrentados para efetivar o processo de incubação. Na parte da tarde, os grupos apresentaram suas dúvidas e receberam orientação sobre o processo de pré-incubação. Por fim, organizou-se juntamente com os grupos um calendário de visitas às comunidades que serão realizadas pelo Colegiado Gestor ainda no mês de maio. Grupos pré-incubados: ARÁ DUDU – Coletivo de arte e cultura negra; Associação Comunitária Remanescentes quilombolas e de Júlio Borges; Associação de catadores de materiais recicláveis Palmeira Verde; Associação quilombola Linha Fão; Coletivo de resistência artística periférica- CORAP; Comunidade de terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; Grupo de agricultores orgânicos da região central- RS; Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã; Marias Bonitas fazendo história; NÍVEL 8**- Mulheres na construção Civil.
Fonte pesquisada: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/392-encontro-de-abertura-da-pre-incubacao-da-incubadora-so

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Fórum Regional Permanente de Extensão

O encontro, para discutirem de forma conjunta as demandas a ações prioritárias para a região onde está instalado o campus da Universidade, marcou o início dos eventos regionalizados do Fórum Permanente de Extensão, que vem sendo implantado na Universidade, por meio do projeto Desenvolva, conduzido pela Coordenadoria de Ações Regionais e Inovação, órgão ligado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE), com o apoio do Escritório de Projetos EcoAGILE, do Colégio Técnico e Industrial da UFSM (CTISM). Após a abertura do Fórum, foram apresentados o diagnóstico dos projetos desenvolvidos pela UFSM e as demandas definidas durante encontros preliminares realizados em 2016. Em seguida, os participantes foram divididos em grupos de trabalho, conforme os oito eixos de atuação da extensão universitária: comunicação, educação, cultura, direitos humanos e justiça, tecnologia, trabalho, saúde e meio ambiente.
Fonte pesquisada: http://palmeira.ufsm.br/index.php/listar-noticias/1870-palmeira-das-missoes-sedia-forum-regional-permanente-de-extensao

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião da Incubadora Social

Reuniram-se os representantes do colegiado gestor e os responsáveis institucionais indicados pelos dez grupos selecionados para o período de pré-incubação da Incubadora Social da UFSM.
Pauta: apresentação da Incubadora Social, orientações sobre o processo de pré-incubação, atribuições do responsável institucional; e adequação do plano de trabalho das propostas selecionadas.
Fonte pesquisada: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/393-reuniao-do-colegiado-gestor-e-representantes-institucionais-da-incubadora-social-da-ufsm

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Fórum Regional de Extensão da UFSM

O evento é uma ação do projeto Desenvolva, que, no ano passado, iniciou os trabalhos de mapeamento e definição das demandas de prioridade em extensão. O objetivo é aproximar a sociedade da comunidade acadêmica. O fórum ocorre em cidades que têm campus da UFSM. A primeira edição ocorreu em Palmeira das Missões. A proposta do fórum de extensão reconhece as especificidades de cada campus com o intuito de discutir uma política macro da Universidade que contemple a integração regional.
Fonte pesquisada: http://site.ufsm.br/noticias/exibir/frederico-westphalen-recebe-2-forum-regional-de-ex

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Fórum Regional de Extensão da UFSM

O evento é uma ação do projeto Desenvolva, que, no ano passado, iniciou os trabalhos de mapeamento e definição das demandas de prioridade em extensão. O objetivo é aproximar a sociedade da comunidade acadêmica. O fórum ocorre em cidades que têm campus da UFSM. A primeira edição ocorreu em Palmeira das Missões. A proposta do fórum de extensão reconhece as especificidades de cada campus com o intuito de discutir uma política macro da Universidade que contemple a integração regional.
Fonte pesquisada: http://site.ufsm.br/noticias/exibir/frederico-westphalen-recebe-2-forum-regional-de-ex

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Fórum Regional de Extensão da UFSM

O evento é uma ação do projeto Desenvolva, que, no ano passado, iniciou os trabalhos de mapeamento e definição das demandas de prioridade em extensão. O objetivo é aproximar a sociedade da comunidade acadêmica. O fórum ocorre em cidades que têm campus da UFSM. A primeira edição ocorreu em Palmeira das Missões. A proposta do fórum de extensão reconhece as especificidades de cada campus com o intuito de discutir uma política macro da Universidade que contemple a integração regional.
Fonte pesquisada: http://site.ufsm.br/noticias/exibir/frederico-westphalen-recebe-2-forum-regional-de-ex

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Palestra de Formação Técnica Palmeira Verde

A Incubadora Social da UFSM, em parceria com o Laboratório de Processos Ambientais do Departamento de Engenharia Química da UFSM, realizou uma palestra técnica de divulgação dos resultados obtidos na execução do projeto “Obtenção de produtos com alto valor agregado a partir da reciclagem de resíduos poliméricos”. O projeto foi aprovado em 2013 pelo edital de incentivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT/RS). O objetivo foi apresentar ao grupo incubado Palmeira Verde as diferentes tecnologias desenvolvidas para a obtenção de ceras e combustíveis alternativos utilizando embalagens poliméricas (pós-consumo) através da pirólise. (Incubadora Social realizará formação técnica dia 28 de Setembro, disponível em: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/435-incubadora-social-realizara-formacao-tecnica-dia-28-de-setembro. Acesso em 02/01/2018).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Palestra de Formação Técnica Palmeira Verde

A Incubadora Social da UFSM, em parceria com o Laboratório de Processos Ambientais do Departamento de Engenharia Química da UFSM, realizou uma palestra técnica de divulgação dos resultados obtidos na execução do projeto “Obtenção de produtos com alto valor agregado a partir da reciclagem de resíduos poliméricos”. O projeto foi aprovado em 2013 pelo edital de incentivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT/RS). O objetivo foi apresentar ao grupo incubado Palmeira Verde as diferentes tecnologias desenvolvidas para a obtenção de ceras e combustíveis alternativos utilizando embalagens poliméricas (pós-consumo) através da pirólise. (Incubadora Social realizará formação técnica dia 28 de Setembro, disponível em: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/435-incubadora-social-realizara-formacao-tecnica-dia-28-de-setembro. Acesso em 02/01/2018).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Palestra de Formação Técnica Palmeira Verde

A Incubadora Social da UFSM, em parceria com o Laboratório de Processos Ambientais do Departamento de Engenharia Química da UFSM, realizou uma palestra técnica de divulgação dos resultados obtidos na execução do projeto “Obtenção de produtos com alto valor agregado a partir da reciclagem de resíduos poliméricos”. O projeto foi aprovado em 2013 pelo edital de incentivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT/RS). O objetivo foi apresentar ao grupo incubado Palmeira Verde as diferentes tecnologias desenvolvidas para a obtenção de ceras e combustíveis alternativos utilizando embalagens poliméricas (pós-consumo) através da pirólise. (Incubadora Social realizará formação técnica dia 28 de Setembro, disponível em: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/435-incubadora-social-realizara-formacao-tecnica-dia-28-de-setembro. Acesso em 02/01/2018).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Palestra de Formação Técnica Palmeira Verde

A Incubadora Social da UFSM, em parceria com o Laboratório de Processos Ambientais do Departamento de Engenharia Química da UFSM, realizou uma palestra técnica de divulgação dos resultados obtidos na execução do projeto “Obtenção de produtos com alto valor agregado a partir da reciclagem de resíduos poliméricos”. O projeto foi aprovado em 2013 pelo edital de incentivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT/RS). O objetivo foi apresentar ao grupo incubado Palmeira Verde as diferentes tecnologias desenvolvidas para a obtenção de ceras e combustíveis alternativos utilizando embalagens poliméricas (pós-consumo) através da pirólise. (Incubadora Social realizará formação técnica dia 28 de Setembro, disponível em: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/435-incubadora-social-realizara-formacao-tecnica-dia-28-de-setembro. Acesso em 02/01/2018).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Palestra de Formação Técnica Palmeira Verde

A Incubadora Social da UFSM, em parceria com o Laboratório de Processos Ambientais do Departamento de Engenharia Química da UFSM, realizou uma palestra técnica de divulgação dos resultados obtidos na execução do projeto “Obtenção de produtos com alto valor agregado a partir da reciclagem de resíduos poliméricos”. O projeto foi aprovado em 2013 pelo edital de incentivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT/RS). O objetivo foi apresentar ao grupo incubado Palmeira Verde as diferentes tecnologias desenvolvidas para a obtenção de ceras e combustíveis alternativos utilizando embalagens poliméricas (pós-consumo) através da pirólise. (Incubadora Social realizará formação técnica dia 28 de Setembro, disponível em: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/435-incubadora-social-realizara-formacao-tecnica-dia-28-de-setembro. Acesso em 02/01/2018).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotografia de Elisandra Della-Flora Weinitschke.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Coletiva de imprensa sobre ações e resultados da UFSM em 2019

Fotografia de Wellington Felipe Hack.
O reitor e o vice-reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Burmann e Luciano Schuch, apresentaram à imprensa local e regional um balanço do ano de 2019 para a instituição. O principal objetivo do encontro com a imprensa foi comunicar à comunidade regional as ações implementadas e os resultados obtidos diante do cenário de dificuldades orçamentárias impostas às instituições de ensino superior em 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Coletiva de imprensa sobre ações e resultados da UFSM em 2019

Fotografia de Wellington Felipe Hack.
O reitor e o vice-reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Burmann e Luciano Schuch, apresentaram à imprensa local e regional um balanço do ano de 2019 para a instituição. O principal objetivo do encontro com a imprensa foi comunicar à comunidade regional as ações implementadas e os resultados obtidos diante do cenário de dificuldades orçamentárias impostas às instituições de ensino superior em 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Restauração do Mural Artístico “A Lenda do Imembuí”

Fotografia de Marcos Machado Paulo.
A obra de Eduardo Trevisan foi restaurada por Flamarion Trevisan – filho do produtor da obra – junto a Marília Chartune Teixeira – especialista em restauração. A iniciativa da restauração foi da Coordenadoria de Cultura e Eventos, da Pró-Reitoria de Extensão (PRE) da UFSM e marca o início de uma série de ações a serem realizadas pela Universidade e PRE para uma revaloração do seu patrimônio artístico e incluirá ainda ações como a catalogação e revitalização deste acervo bem como a instalação de novos murais, materiais gráficos e esculturas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Diálogos – Cotas Afro

O Núcleo de Tecnologia Educacional da UFSM/UAB promove uma roda de conversa sobre o Programa de Ações Afirmativas da UFSM referente a Cotas AFRO. Em 2012, foi aprovada a lei 12.711/2012, garantindo 50% das vagas das universidades federais do país a estudantes oriundos das escolas públicas de ensino médio, das quais metade são para os estudantes com renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita. Dentro dos critérios de preenchimento dessas vagas as universidades deverão aplicar o percentual mínimo correspondente à proporção de autodeclarados pretos e pardos, de acordo com os dados do IBGE para cada estado. As instituições federais de ensino terão até 2016 para aplicar na íntegra o conteúdo da lei.
(DIÁLOGOS Cotas AFRO. Disponível em http://feest.com.br/DIALOGOS-Cotas-AFRO-Santa-Maria-RS-14-06 e https://www.youtube.com/watch?v=POINVJ589UE. Acesso em 08/08/2017). Fotografia de Priscila Aguiar.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Diálogos – Cotas Afro

O Núcleo de Tecnologia Educacional da UFSM/UAB promove uma roda de conversa sobre o Programa de Ações Afirmativas da UFSM referente a Cotas AFRO. Em 2012, foi aprovada a lei 12.711/2012, garantindo 50% das vagas das universidades federais do país a estudantes oriundos das escolas públicas de ensino médio, das quais metade são para os estudantes com renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita. Dentro dos critérios de preenchimento dessas vagas as universidades deverão aplicar o percentual mínimo correspondente à proporção de autodeclarados pretos e pardos, de acordo com os dados do IBGE para cada estado. As instituições federais de ensino terão até 2016 para aplicar na íntegra o conteúdo da lei.
(DIÁLOGOS Cotas AFRO. Disponível em http://feest.com.br/DIALOGOS-Cotas-AFRO-Santa-Maria-RS-14-06 e https://www.youtube.com/watch?v=POINVJ589UE. Acesso em 10/08/2017). Fotografia de Priscila Aguiar.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Debate Política de Extensão em Unidades Universitárias

Fotógrafo não identificado.
A UFSM está elaborando a Política de Extensão, que vai balizar a concepção, o registro e a avaliação das ações extensionistas da Instituição. O propósito da minuta é orientar e integrar as atividades extensionistas desenvolvidas na UFSM, de modo a colaborar para a construção de uma Universidade de excelência e socialmente referenciada. Desta forma, o texto dispõe sobre as diretrizes e os objetivos da extensão e da Pró Reitoria de Extensão da UFSM, caracteriza os eixos e as linhas de atuação da extensão, bem como suas ações e as possibilidades de financiamento. Além disso, busca trazer também questões relativas à avaliação dessas ações e à valorização da extensão dentro da Instituição, entre outras questões. O debate nas unidades teve início na terça-feira (3), no CE, pela manhã, e no CCSH, pela tarde. No dia 10 de julho as discussões foram realizadas no CAL e no CCR. As demais unidades serão visitadas em agosto. Estes encontros têm como propósito discutir a Política de Extensão com a comunidade acadêmica e qualificar ainda mais o texto.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Reunião sobre artesanato e Projeto Geoparque

Fotografia de Jaciele Carine Sell.
Dia 07 de junho, em Caçapava do Sul, ocorreu uma reunião para tratar sobre artesanato e o Projeto Geoparque com a comunidade local. A reunião foi dividida entre apresentação de projetos, identificação das artesãs e artesãos que desejavam participar das oficinas de criação, aperfeiçoamento, design e marketing de produtos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Encontro de Abertura da Pré-Incubação da Incubadora Social

O Encontro de Abertura da Pré-Incubação reuniu o Colegiado Gestor da Incubadora Social da UFSM e os dez grupos selecionados para iniciar o período de pré-incubação. Um dos momentos mais importantes, no turno da manhã, foi a socialização dos grupos, que apresentaram seus produtos e atividades desenvolvidas em suas comunidades. Esse momento possibilitou que os grupos compartilhassem experiências e discutissem desafios a serem enfrentados para efetivar o processo de incubação. Na parte da tarde, os grupos apresentaram suas dúvidas e receberam orientação sobre o processo de pré-incubação. Por fim, organizou-se juntamente com os grupos um calendário de visitas às comunidades que serão realizadas pelo Colegiado Gestor ainda no mês de maio. Grupos pré-incubados: ARÁ DUDU – Coletivo de arte e cultura negra; Associação Comunitária Remanescentes quilombolas e de Júlio Borges; Associação de catadores de materiais recicláveis Palmeira Verde; Associação quilombola Linha Fão; Coletivo de resistência artística periférica- CORAP; Comunidade de terreiro Ilê Axé Ossanha Agué; Grupo de agricultores orgânicos da região central- RS; Ketaju Tegtu & Guaviraty Porã; Marias Bonitas fazendo história; NÍVEL 8**- Mulheres na construção Civil.
Fonte pesquisada: http://w3.ufsm.br/pre/index.php/pagina-inicial1/noticias/392-encontro-de-abertura-da-pre-incubacao-da-incubadora-so

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Fórum Regional Permanente de Extensão

O encontro, para discutirem de forma conjunta as demandas a ações prioritárias para a região onde está instalado o campus da Universidade, marcou o início dos eventos regionalizados do Fórum Permanente de Extensão, que vem sendo implantado na Universidade, por meio do projeto Desenvolva, conduzido pela Coordenadoria de Ações Regionais e Inovação, órgão ligado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE), com o apoio do Escritório de Projetos EcoAGILE, do Colégio Técnico e Industrial da UFSM (CTISM). Após a abertura do Fórum, foram apresentados o diagnóstico dos projetos desenvolvidos pela UFSM e as demandas definidas durante encontros preliminares realizados em 2016. Em seguida, os participantes foram divididos em grupos de trabalho, conforme os oito eixos de atuação da extensão universitária: comunicação, educação, cultura, direitos humanos e justiça, tecnologia, trabalho, saúde e meio ambiente.
Fonte pesquisada: http://palmeira.ufsm.br/index.php/listar-noticias/1870-palmeira-das-missoes-sedia-forum-regional-permanente-de-extensao

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

2º Fórum Regional de Extensão da UFSM

O evento é uma ação do projeto Desenvolva, que, no ano passado, iniciou os trabalhos de mapeamento e definição das demandas de prioridade em extensão. O objetivo é aproximar a sociedade da comunidade acadêmica. O fórum ocorre em cidades que têm campus da UFSM. A primeira edição ocorreu em Palmeira das Missões. A proposta do fórum de extensão reconhece as especificidades de cada campus com o intuito de discutir uma política macro da Universidade que contemple a integração regional.
Fonte pesquisada: http://site.ufsm.br/noticias/exibir/frederico-westphalen-recebe-2-forum-regional-de-ex

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Assinatura de termo de compromisso da Incubadora Social com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Palmeira Verde e Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR)

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Palmeira Verde e o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR) assinaram o termo de compromisso com a Ufsm, para o desenvolvimento da Incubadora Social no município.
O documento foi assinado em um evento bastante prestigiado. Para o professor da Ufsm, Ascisio Pereira, o trabalho de extensão da Universidade com os catadores trará inúmeros benefícios. “É uma conquista importante, pois os catadores passam a ter mais dignidade de vida. Eles serão beneficiados com o conhecimento da Universidade, com melhorias na infraestrutura de trabalho, com articulação de um local adequado de trabalho e aquisição de uma prensa, facilitando as ações no dia a dia”. O presidente da Associação Antônio Eloí considera que a parceria com a universidade a partir é uma oportunidade para os catadores melhorarem as condições de trabalho. “Esse projeto é uma oportunidade para os catadores têm de melhorar a qualidade de vida. Vamos agarra-la [oportunidade] com as duas mãos, e daqui a três anos poder caminhar com as próprias pernas”. O projeto de Palmeira das Missões foi o único aprovado entre as 10 propostas apresentadas. A Incubadora terá a duração de 3 anos e beneficiará, inicialmente, 35 famílias, podendo esse número aumentar durante a duração do projeto. Em Palmeira das Missões as atividades são ministradas pela professora Neila Santini de Souza. O evento contou com a presença do diretor da Ufsm Rafael Lazzari, o vereador Cláudio Mineiro, o diretor-presidente do Cesurg Rafael Rosseto, além de representantes da 20ªCRE, 10ª CRA e movimentos sociais. (Grupo de catadores assina termo de responsabilidade com a UFSM, disponível em: http://coral.ufsm.br/midia/?p=40624. Acesso em 26/12/2017).

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Results 1 to 50 of 140