Extensão da UFSM

Taxonomia

Código

Nota(s) de âmbito

  • Projetos de extensão da UFSM para promover o ensino superior em outras cidades do interior do RS e demais estados brasileiros. Inclui imagens de assinaturas de convênios e práticas de alunos e professores nos locais de atuação.

Nota(s) da fonte

Mostrar nota(s)

Termos hierárquicos

Extensão da UFSM

Termos equivalentes

Extensão da UFSM

Termos associados

Extensão da UFSM

897 Descrição arquivística resultados para Extensão da UFSM

897 resultados diretamente relacionados Excluir termos específicos

6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU)

O 6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária é uma iniciativa conjunta do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, do Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias e Fórum de Extensão das Instituições de Ensino Superior Particulares. A relevância do evento consiste no debate acerca dos desafios da extensão universitária no Brasil, tematizando a amplitude alcançada por esta, ao plasmar o diálogo entre o saber acadêmico e o saber popular, propiciando uma rica síntese da abordagem dos problemas da realidade brasileira tanto quanto da implementação das políticas públicas até as práticas de inovação.
A temática escolhida para o 6º CBEU “Diálogos da Extensão: saberes tradicionais e inovação científica” aponta para a importância de reconhecer a existência de diferentes conhecimentos, sob a perspectiva da ciência e do senso comum. Para que, de fato, os trabalhos de extensão se constituam como respostas cada vez mais dinâmicas e propositivas, é necessário um diálogo entre os protagonistas desses conhecimentos. A Participação da UFSM: Nossa instituição teve trabalhos selecionados em todas as áreas. No total, 21 trabalhos foram escolhidos para Apresentações Orais (tendo especial destaque a área de educação com 8 trabalhos selecionados), 2 trabalhos para Rodas de Conversa e 1 trabalho na categoria Oficina. Em Belém, UFSM foi representada por alunos, professores e técnicos administrativos em educação. (PRE UFSM e alunos da universidade marcam presença no 6º CBEU.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU)

O 6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária é uma iniciativa conjunta do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, do Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias e Fórum de Extensão das Instituições de Ensino Superior Particulares. A relevância do evento consiste no debate acerca dos desafios da extensão universitária no Brasil, tematizando a amplitude alcançada por esta, ao plasmar o diálogo entre o saber acadêmico e o saber popular, propiciando uma rica síntese da abordagem dos problemas da realidade brasileira tanto quanto da implementação das políticas públicas até as práticas de inovação.
A temática escolhida para o 6º CBEU “Diálogos da Extensão: saberes tradicionais e inovação científica” aponta para a importância de reconhecer a existência de diferentes conhecimentos, sob a perspectiva da ciência e do senso comum. Para que, de fato, os trabalhos de extensão se constituam como respostas cada vez mais dinâmicas e propositivas, é necessário um diálogo entre os protagonistas desses conhecimentos. A Participação da UFSM: Nossa instituição teve trabalhos selecionados em todas as áreas. No total, 21 trabalhos foram escolhidos para Apresentações Orais (tendo especial destaque a área de educação com 8 trabalhos selecionados), 2 trabalhos para Rodas de Conversa e 1 trabalho na categoria Oficina. Em Belém, UFSM foi representada por alunos, professores e técnicos administrativos em educação. (PRE UFSM e alunos da universidade marcam presença no 6º CBEU.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU)

O 6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária é uma iniciativa conjunta do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, do Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias e Fórum de Extensão das Instituições de Ensino Superior Particulares. A relevância do evento consiste no debate acerca dos desafios da extensão universitária no Brasil, tematizando a amplitude alcançada por esta, ao plasmar o diálogo entre o saber acadêmico e o saber popular, propiciando uma rica síntese da abordagem dos problemas da realidade brasileira tanto quanto da implementação das políticas públicas até as práticas de inovação.
A temática escolhida para o 6º CBEU “Diálogos da Extensão: saberes tradicionais e inovação científica” aponta para a importância de reconhecer a existência de diferentes conhecimentos, sob a perspectiva da ciência e do senso comum. Para que, de fato, os trabalhos de extensão se constituam como respostas cada vez mais dinâmicas e propositivas, é necessário um diálogo entre os protagonistas desses conhecimentos. A Participação da UFSM: Nossa instituição teve trabalhos selecionados em todas as áreas. No total, 21 trabalhos foram escolhidos para Apresentações Orais (tendo especial destaque a área de educação com 8 trabalhos selecionados), 2 trabalhos para Rodas de Conversa e 1 trabalho na categoria Oficina. Em Belém, UFSM foi representada por alunos, professores e técnicos administrativos em educação. (PRE UFSM e alunos da universidade marcam presença no 6º CBEU.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU)

O 6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária é uma iniciativa conjunta do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, do Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias e Fórum de Extensão das Instituições de Ensino Superior Particulares. A relevância do evento consiste no debate acerca dos desafios da extensão universitária no Brasil, tematizando a amplitude alcançada por esta, ao plasmar o diálogo entre o saber acadêmico e o saber popular, propiciando uma rica síntese da abordagem dos problemas da realidade brasileira tanto quanto da implementação das políticas públicas até as práticas de inovação.
A temática escolhida para o 6º CBEU “Diálogos da Extensão: saberes tradicionais e inovação científica” aponta para a importância de reconhecer a existência de diferentes conhecimentos, sob a perspectiva da ciência e do senso comum. Para que, de fato, os trabalhos de extensão se constituam como respostas cada vez mais dinâmicas e propositivas, é necessário um diálogo entre os protagonistas desses conhecimentos. A Participação da UFSM: Nossa instituição teve trabalhos selecionados em todas as áreas. No total, 21 trabalhos foram escolhidos para Apresentações Orais (tendo especial destaque a área de educação com 8 trabalhos selecionados), 2 trabalhos para Rodas de Conversa e 1 trabalho na categoria Oficina. Em Belém, UFSM foi representada por alunos, professores e técnicos administrativos em educação.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU)

O 6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária é uma iniciativa conjunta do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, do Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias e Fórum de Extensão das Instituições de Ensino Superior Particulares. A relevância do evento consiste no debate acerca dos desafios da extensão universitária no Brasil, tematizando a amplitude alcançada por esta, ao plasmar o diálogo entre o saber acadêmico e o saber popular, propiciando uma rica síntese da abordagem dos problemas da realidade brasileira tanto quanto da implementação das políticas públicas até as práticas de inovação.
A temática escolhida para o 6º CBEU “Diálogos da Extensão: saberes tradicionais e inovação científica” aponta para a importância de reconhecer a existência de diferentes conhecimentos, sob a perspectiva da ciência e do senso comum. Para que, de fato, os trabalhos de extensão se constituam como respostas cada vez mais dinâmicas e propositivas, é necessário um diálogo entre os protagonistas desses conhecimentos. A Participação da UFSM: Nossa instituição teve trabalhos selecionados em todas as áreas. No total, 21 trabalhos foram escolhidos para Apresentações Orais (tendo especial destaque a área de educação com 8 trabalhos selecionados), 2 trabalhos para Rodas de Conversa e 1 trabalho na categoria Oficina. Em Belém, UFSM foi representada por alunos, professores e técnicos administrativos em educação.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU)

O 6º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária é uma iniciativa conjunta do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, do Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias e Fórum de Extensão das Instituições de Ensino Superior Particulares. A relevância do evento consiste no debate acerca dos desafios da extensão universitária no Brasil, tematizando a amplitude alcançada por esta, ao plasmar o diálogo entre o saber acadêmico e o saber popular, propiciando uma rica síntese da abordagem dos problemas da realidade brasileira tanto quanto da implementação das políticas públicas até as práticas de inovação.
A temática escolhida para o 6º CBEU “Diálogos da Extensão: saberes tradicionais e inovação científica” aponta para a importância de reconhecer a existência de diferentes conhecimentos, sob a perspectiva da ciência e do senso comum. Para que, de fato, os trabalhos de extensão se constituam como respostas cada vez mais dinâmicas e propositivas, é necessário um diálogo entre os protagonistas desses conhecimentos. A Participação da UFSM: Nossa instituição teve trabalhos selecionados em todas as áreas. No total, 21 trabalhos foram escolhidos para Apresentações Orais (tendo especial destaque a área de educação com 8 trabalhos selecionados), 2 trabalhos para Rodas de Conversa e 1 trabalho na categoria Oficina. Em Belém, UFSM foi representada por alunos, professores e técnicos administrativos em educação. (PRE UFSM e alunos da universidade marcam presença no 6º CBEU.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abertura do Curso de Audiodescrição Nível Básico

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O Curso de Audiodescrição Nível Básico foi promovido pela Comissão de Audiodescrição do Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Ações Educacionais (CAED), na modalidade presencial, com aulas à tarde nos dias 21 a 25 de maio e 04 a 08 de junho de 2018; e integra o Projeto de Extensão Audiodescrição: Traduzindo Imagens em Palavras, da CAED, o qual tem por objetivo ofertar cursos de formação continuada em audiodescrição. Cristina Strohschoen dos Santos arquivista do Departamento de Arquivo Geral foi participante do projeto de extensão e uma das ministrantes do curso. Nessa edição, o curso contou com a participação de 10 servidores, 11 estudantes e seis pessoas da comunidade, totalizando 27 cursistas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abertura do Curso de Audiodescrição Nível Básico

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O Curso de Audiodescrição Nível Básico foi promovido pela Comissão de Audiodescrição do Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Ações Educacionais (CAED), na modalidade presencial, com aulas à tarde nos dias 21 a 25 de maio e 04 a 08 de junho de 2018; e integra o Projeto de Extensão Audiodescrição: Traduzindo Imagens em Palavras, da CAED, o qual tem por objetivo ofertar cursos de formação continuada em audiodescrição. Cristina Strohschoen dos Santos arquivista do Departamento de Arquivo Geral foi participante do projeto de extensão e uma das ministrantes do curso. Nessa edição, o curso contou com a participação de 10 servidores, 11 estudantes e seis pessoas da comunidade, totalizando 27 cursistas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Abertura do Curso de Audiodescrição Nível Básico

Fotografia de Cristina Strohschoen dos Santos.
O Curso de Audiodescrição Nível Básico foi promovido pela Comissão de Audiodescrição do Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Ações Educacionais (CAED), na modalidade presencial, com aulas à tarde nos dias 21 a 25 de maio e 04 a 08 de junho de 2018; e integra o Projeto de Extensão Audiodescrição: Traduzindo Imagens em Palavras, da CAED, o qual tem por objetivo ofertar cursos de formação continuada em audiodescrição. Cristina Strohschoen dos Santos arquivista do Departamento de Arquivo Geral foi participante do projeto de extensão e uma das ministrantes do curso. Nessa edição, o curso contou com a participação de 10 servidores, 11 estudantes e seis pessoas da comunidade, totalizando 27 cursistas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Ações da Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno

Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno. Em agosto de 1970 deu-se início ao projeto Operação Oswaldo Aranha, projeto que visava aperfeiçoar o ensino e a pesquisa no Centro de Ciências Rurais (CCR), a pedido da Universidade Federal de Santa Maria, além de promover o desenvolvimento do setor primário do Rio Grande do Sul, mais especificamente a zona oeste do Estado. O projeto teve o apoio do engenheiro agrônomo, prof. José Barbas Guerra, do Ministro da Educação, Dr. Tarso Dutra, do Ministro, Helio Beltrão. Denominado de FAO-BRA-33 pela Organização dos Estados Unidos – ONU, foi batizado de Projeto Oswaldo Aranha pelo Reitor da UFSM, em homenagem à Osvaldo Euclides de Sousa Aranha, um riograndense ilustre que foi presidente da Assembléia Geral das Nações Unidas. William Doerr, supervisor das fazendas da Southern Illinois University foi indicado como coordenador internacional da operação e o Diretor Nacional, o professor Derblay Galvão, respectivamente representantes da ONU e da Universidade Federal de Santa Maria. O projeto tinha por finalidade também integrar o aluno com o meio que desempenhará sua profissão, combater as parasitas e epizootias, instalação de granjas experimentais, desenvolver um programa de pesquisa e variados planos que contribuem para o desenvolvimento do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Ações da Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno

Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno. Em agosto de 1970 deu-se início ao projeto Operação Oswaldo Aranha, projeto que visava aperfeiçoar o ensino e a pesquisa no Centro de Ciências Rurais (CCR), a pedido da Universidade Federal de Santa Maria, além de promover o desenvolvimento do setor primário do Rio Grande do Sul, mais especificamente a zona oeste do Estado. O projeto teve o apoio do engenheiro agrônomo, prof. José Barbas Guerra, do Ministro da Educação, Dr. Tarso Dutra, do Ministro, Helio Beltrão. Denominado de FAO-BRA-33 pela Organização dos Estados Unidos – ONU, foi batizado de Projeto Oswaldo Aranha pelo Reitor da UFSM, em homenagem à Osvaldo Euclides de Sousa Aranha, um riograndense ilustre que foi presidente da Assembléia Geral das Nações Unidas. William Doerr, supervisor das fazendas da Southern Illinois University foi indicado como coordenador internacional da operação e o Diretor Nacional, o professor Derblay Galvão, respectivamente representantes da ONU e da Universidade Federal de Santa Maria. O projeto tinha por finalidade também integrar o aluno com o meio que desempenhará sua profissão, combater as parasitas e epizootias, instalação de granjas experimentais, desenvolver um programa de pesquisa e variados planos que contribuem para o desenvolvimento do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Ações da Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno

Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno. Em agosto de 1970 deu-se início ao projeto Operação Oswaldo Aranha, projeto que visava aperfeiçoar o ensino e a pesquisa no Centro de Ciências Rurais (CCR), a pedido da Universidade Federal de Santa Maria, além de promover o desenvolvimento do setor primário do Rio Grande do Sul, mais especificamente a zona oeste do Estado. O projeto teve o apoio do engenheiro agrônomo, prof. José Barbas Guerra, do Ministro da Educação, Dr. Tarso Dutra, do Ministro, Helio Beltrão. Denominado de FAO-BRA-33 pela Organização dos Estados Unidos – ONU, foi batizado de Projeto Oswaldo Aranha pelo Reitor da UFSM, em homenagem à Osvaldo Euclides de Sousa Aranha, um riograndense ilustre que foi presidente da Assembléia Geral das Nações Unidas. William Doerr, supervisor das fazendas da Southern Illinois University foi indicado como coordenador internacional da operação e o Diretor Nacional, o professor Derblay Galvão, respectivamente representantes da ONU e da Universidade Federal de Santa Maria. O projeto tinha por finalidade também integrar o aluno com o meio que desempenhará sua profissão, combater as parasitas e epizootias, instalação de granjas experimentais, desenvolver um programa de pesquisa e variados planos que contribuem para o desenvolvimento do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Ações da Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno

Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno. Em agosto de 1970 deu-se início ao projeto Operação Oswaldo Aranha, projeto que visava aperfeiçoar o ensino e a pesquisa no Centro de Ciências Rurais (CCR), a pedido da Universidade Federal de Santa Maria, além de promover o desenvolvimento do setor primário do Rio Grande do Sul, mais especificamente a zona oeste do Estado. O projeto teve o apoio do engenheiro agrônomo, prof. José Barbas Guerra, do Ministro da Educação, Dr. Tarso Dutra, do Ministro, Helio Beltrão. Denominado de FAO-BRA-33 pela Organização dos Estados Unidos – ONU, foi batizado de Projeto Oswaldo Aranha pelo Reitor da UFSM, em homenagem à Osvaldo Euclides de Sousa Aranha, um riograndense ilustre que foi presidente da Assembléia Geral das Nações Unidas. William Doerr, supervisor das fazendas da Southern Illinois University foi indicado como coordenador internacional da operação e o Diretor Nacional, o professor Derblay Galvão, respectivamente representantes da ONU e da Universidade Federal de Santa Maria. O projeto tinha por finalidade também integrar o aluno com o meio que desempenhará sua profissão, combater as parasitas e epizootias, instalação de granjas experimentais, desenvolver um programa de pesquisa e variados planos que contribuem para o desenvolvimento do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Ações da Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno

Operação Oswaldo Aranha em Faxinal do Soturno. Em agosto de 1970 deu-se início ao projeto Operação Oswaldo Aranha, projeto que visava aperfeiçoar o ensino e a pesquisa no Centro de Ciências Rurais (CCR), a pedido da Universidade Federal de Santa Maria, além de promover o desenvolvimento do setor primário do Rio Grande do Sul, mais especificamente a zona oeste do Estado. O projeto teve o apoio do engenheiro agrônomo, prof. José Barbas Guerra, do Ministro da Educação, Dr. Tarso Dutra, do Ministro, Helio Beltrão. Denominado de FAO-BRA-33 pela Organização dos Estados Unidos – ONU, foi batizado de Projeto Oswaldo Aranha pelo Reitor da UFSM, em homenagem à Osvaldo Euclides de Sousa Aranha, um riograndense ilustre que foi presidente da Assembléia Geral das Nações Unidas. William Doerr, supervisor das fazendas da Southern Illinois University foi indicado como coordenador internacional da operação e o Diretor Nacional, o professor Derblay Galvão, respectivamente representantes da ONU e da Universidade Federal de Santa Maria. O projeto tinha por finalidade também integrar o aluno com o meio que desempenhará sua profissão, combater as parasitas e epizootias, instalação de granjas experimentais, desenvolver um programa de pesquisa e variados planos que contribuem para o desenvolvimento do Estado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Pronunciamento de docente do CTISM e coordenador do Projeto de Extensão Talian no evento de apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Pronunciamento de autora do livro antes da apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Evento de apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Sessão de autógrafos de autora de livro durante o evento de apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Pronunciamento de convidada no evento de apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Apresentação do grupo Le Arti per Via

Fotografia de Marcel Santos Jacques.
Pronunciamento de convidado no evento de apresentação do grupo artístico italiano Le Arti per Via e lançamento do livro “Ti Tazi Senpre Te Parli Mai”. O Projeto de Extensão Talian e a Coordenação de Tecnologias de Ensino do CTISM foram parceiros do evento e do livro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Ata da 43ª sessão do Conselho Universitário

Discussão e aprovação da ata da 41ª Sessão

  • Proc. 55/64 - Parecer 99/64 - Assunto: Consulta sobre a redistribuição financeira a professores e pessoal administrativo e face do trabalho extraordinário para atendimento dos alunos admitidos em comprimento à determinação que duplicou o número de vagas no 1º ano da Faculdade de Medicina. Parecer aprovado.
  • Proc. 80/64 - Parecer 95/64 - Assunto: A Divisão de Contabilidade encaminha Resolução n. 73, retificando recursos da Resolução n.61/64. Aprovado parecer.
  • Proc. 81, 82 e 83/64 - Parecer 96/64 - Assunto: Homologação das Resoluções n. 74, 75 e 76, baixadas “ad referendum”, que abrem, na Divisão de Contabilidade, créditos especiais a diversos órgãos universitários. Aprovado parecer.
  • Proc. 84/64 - Parecer 97/64 - Assunto: Homologação das Resoluções n. 77, baixada “ad referendum”, que abre, na Divisão de Contabilidade, crédito especial a diversos órgãos universitários. Aprovado parecer.
  • Proc. 100/64 - Parecer 98/64 - Assunto: Proposta para o projeto de construção do Colégio Industrial da Universidade de Santa Maria, Decisão: o processo deverá baixar em diligencia.
  • Proc. 110/64 - parecer oral - Assunto: Termo de convenio entre a USM e a Associação Rural de Santa Maria, que visa a instalação e funcionamento do Parque de Exposições que será construído na Cidade Universitária. Parecer aprovado.
  • Proc. 105/64 - Parecer oral - Assunto: O aluno da Faculdade de Medicina de pelotas, Roges Pereyron, solicita transferência desta Faculdade para a de Santa Maria, Aprovado parecer.
  • Proc. 92/64 - Assunto: O Centro dos Estudantes de Medicina de Santa Maria solicita o congelamento da deliberação que duplica o numero de vagas no 1º ano da Faculdade de Medicina. Decisão: para parecer da Comissão.
  • Proc. 59/64 - Assunto: Consulta sobre a interpretação de artigos do Estatuto da USM. Aprovado parecer.
  • Proc. 112/64 - Parecer 100/64 - Assunto: Minuta de termo de conv. entre a USM e o Ministério da Educação e Cultura para a implantação de uma rede de telecomunicações (RETEMEC), interligando o Ministério e as Universidades Federais. Aprovado parecer.
  • Proc. 94/64 - Assunto: Expediente da Associação Comercial de Santa Maria, pleiteando a criação de uma Faculdade de Ciências Contáveis e Administrativas. Aprovado parecer.
  • Proc. 99/64 - Assunto: Expediente da Câmara Municipal de Vereadores de Santa Maria, pleiteando a criação de uma Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas.
  • Proc. 108/64 - Assunto: O Sr. Diretor da Faculdade de Medicina solicita autorização para o funcionamento de um Curso de Extensão Universitária. Decisão: Como o curso já ocorreu, o mesmo deverá ser de responsabilidade do Centro Acadêmico de Medicina, inclusive a expedição de certificados.
  • Proc. 109/64 - Assunto: O Diretor da Faculdade de Medicina solicita autorização para que o Instrutor de Ensino Swamay Schmidt ministre um curso extra-curricular aos alunos da Faculdade de Medicina. Parecer aprovado.
  • Proc. 113/64 - Assunto: Expediente da Direção da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de Santa Maria, submetem à aprovação do Conselho Universitário, os programas do concurso de classificação dos cursos de Matemática, Física, Química e História Natural. Parecer aprovado.

Conselho Universitário

Atendimento do CRUTAC nos distritos

O Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (CRUTAC) era um programa que representava uma tentativa de interiorização da universidade brasileira, objetivando sua integração à realizada nacional tendo como filosofia de trabalho o treinamento e a ação comunitária.
Fonte Pesquisada: O que é CRUTAC?. A Razão. Santa Maria, RS. 01 nov. 1973.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atendimento do CRUTAC nos distritos

O Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (CRUTAC) era um programa que representava uma tentativa de interiorização da universidade brasileira, objetivando sua integração à realizada nacional tendo como filosofia de trabalho o treinamento e a ação comunitária.
Fonte Pesquisada: O que é CRUTAC?. A Razão. Santa Maria, RS. 01 nov. 1973.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atendimento do CRUTAC nos distritos

O Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (CRUTAC) era um programa que representava uma tentativa de interiorização da universidade brasileira, objetivando sua integração à realizada nacional tendo como filosofia de trabalho o treinamento e a ação comunitária.
Fonte Pesquisada: O que é CRUTAC?. A Razão. Santa Maria, RS. 01 nov. 1973.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Atendimento do CRUTAC nos distritos

O Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (CRUTAC) era um programa que representava uma tentativa de interiorização da universidade brasileira, objetivando sua integração à realizada nacional tendo como filosofia de trabalho o treinamento e a ação comunitária.
Fonte Pesquisada: O que é CRUTAC?. A Razão. Santa Maria, RS. 01 nov. 1973.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (Brasil)

Resultados 1 a 50 de 897