AT0012 - Ata da 12ª sessão do Conselho Universitário

Abrir original Objeto digital

Código de referência

BR RSUFSM UFSM-0-1-1-CONSU-AT0012

Título

Ata da 12ª sessão do Conselho Universitário

Data(s)

  • 09.04.1962 (Produção)

Nível de descrição

Dimensão e suporte

Constituída de 23 (vinte e três) páginas.

Nome do produtor

(1961 (criação))

História administrativa

A Secretaria dos Conselhos atende às demandas dos órgãos colegiados da UFSM. O Conselho Universitário (CONSU) é o Colegiado Máximo de deliberação coletiva para assuntos administrativos e de definição da política geral da UFSM. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) é o órgão superior deliberativo e consultivo da UFSM, para todos os assuntos de Ensino, Pesquisa e Extensão. O Conselho de Curadores é o órgão deliberativo responsável pela fiscalização e controle econômico-financeiro da UFSM.
As reuniões desses conselhos são gravadas e posteriormente transcritas e assinadas. A primeira mídia utilizada (até 1995) foi a fita magnética em rolo (516 fitas em poliéster e ferro). Predominam os formatos em ferro LH HiFi LP35 90min., e as fitas de poliéster em carretel 178mm. As fitas estão acondicionadas na embalagem original em papelão ou plástico que estão agrupadas em caixas arquivo de polionda azul, ordenadas cronologicamente, em estantes de aço no arquivo deslizante localizado no subsolo do prédio 47. O forte odor de vinagre, característico da deterioração provocada pela hidrólise (a fita fica deformada e ilegível) é perceptível no acervo, bem como a poeira que impregnou o material acondicionado por muito tempo em local impróprio, antes do recolhimento. Esses sinais indicam a necessidade urgente de uma ação de restauração e preservação dessa documentação, justificando a elaboração de um projeto detalhado das ações específicas a serem executadas.
Posteriormente, no período de 1995 a 2010, foram utilizadas as fitas cassete, que contém o registro em áudio, das reuniões do Conselho de Curadores, CONSU e CEPE. São cerca de 1.550 fitas acondicionadas em embalagem própria, de acrílico, armazenadas em um arquivo de aço de 6 gavetas, na Secretaria dos Conselhos.

Nome do produtor

(14 de dezembro de 1960 até hoje)

História administrativa

A Universidade Federal de Santa Maria, idealizada e fundada pelo Prof. Dr. José Mariano da Rocha Filho em 14 de dezembro de 1960 e instalada solenemente em 18 de março de 1961, foi a primeira universidade instalada fora do eixo das capitais do estado no Brasil com a denominação de Universidade de Santa Maria.
A UFSM é uma Instituição Federal de Ensino Superior constituída como Autarquia Especial vinculada ao Ministério da Educação. 
A UFSM, por meio do Programa de Ingresso ao Ensino Superior - PEIES, desenvolve acompanhamento intensivo a 925 escolas participantes do ensino médio, trinta CRE's e os estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e São Paulo.
A UFSM possui, hoje, em pleno desenvolvimento, cursos, programas e projetos nas mais diversas áreas do conhecimento humano. A Instituição mantém 66 cursos de Graduação Presenciais, 10 cursos de Educação a Distância e 72 cursos de Pós-Graduação Permanente.

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Âmbito e conteúdo

O Sr. Reitor comunicou que a Sessão Extraordinária foi convocada pelo Diretor da Faculdade de Medicina para tratar de assunto de interesse daquela Faculdade, no que diz respeito aos alunos que foram aprovados e não obtiveram classificação no curso de medicina; Em discussão, a Sessão foi transformada em Ordinária; Após leitura da Ata da Sessão 10ª, foi solicitada o reparo no número de excedentes, o número correto e 17 e não 18 conforme consta. Após reparo, a Ata foi aprovada; Em discussão, o caso dos excedentes recebeu 4 (quatro) propostas: 1) Cumprir as solicitações da Diretoria do Ensino Superior, 2) Encaminhar o assunto ao corpo docente da Faculdade de Medicina, junto com a Direção e o Reitor, 3) Dar ao Reitor plenos poderes para tratar do assunto junto ao Sr. Ministro, 4) Deixar a solução a cargo do Diretor da Medicina; Em votação, a proposta 2 foi aprovada.
Ordem do dia: relato de processos
Proc. 36/62 - A Universidade do Brasil solicita auxilio para um curso de folclore. Em votação: Negado o auxilio; Proc. 38/62 - Solicita verba para o Instituto de Patologia. Em votação: A Comissão resolve sugerir a aplicação do mencionado recurso (50%) nas obras do Instituto de Patologia da USM; Proc. 40/62 - Envia relatório com avaliação do prédio em construção do Instituto Eletrotécnico. Em votação: o relatório deve ser aprovado pelo Conselho Universitário; Proc. 41/62 - Solicita liberação de verba. Em votação: A Comissão resolve sugerir ao Conselho Universitário a concessão de 50% do auxilio da COSUPI; Proc. 42/62 - Comunica a eleição do conselheiro representante da Congregação de Professores da Faculdade de Farmácia, Prof. Alberto Thomaz Londero. Aprovado; Proc. 43/62 - Solicita regime de tempo integral para funcionários da Faculdade de Farmácia da USM. Em votação: O processo foi encaminhado à Comissão de Ensino e Recursos.
Proc. 45/62 - Conselheiro justifica ausência a sessão. Aprovado; Proc. 46/62 - Matricula de aluno procedente de Universidade Estrangeira. Aprovado, desde que satisfeitas as exigências legais; Proc. 49/62 - Envia Plano de aplicação à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Imaculada Conceição. Em votação: A Comissão resolve solicitar aprovação do Conselho Universitário; Proc. 50/62 - Escola de Enfermagem Nossa Senhora Medianeira envia Plano de Aplicação. Em votação: A Comissão resolve solicitar aprovação do Conselho Universitário; Proc. 51/62 - Instituto de Estudos e Pesquisas Econômicas encaminha Plano de Aplicação e solicita liberação de verbas. Em votação: A Comissão aprova o Plano de Aplicação ao mesmo tempo, encarece a necessidade de ser o auxílio liberado dentro do menor prazo possível; Proc. 52/62 - Faculdade de Direito encaminha Plano de Aplicação e solicita liberação de verba. Aprovado; Proc. 53/62 - Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas encaminha Plano de Aplicação e solicita liberação de verba. Aprovado; O Prof. Hélios Homero Bernardi convidados todos a assistirem o Curso de Cromatografia em camada delgada.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Existência e localização de originais

O registro das reuniões estão gravadas em fitas magnéticas.

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso de género

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Objeto digital (Master) Área de direitos

Objeto digital (Referência) Área de direitos

Objeto digital (Visualização) Área de direitos

Área de aquisição